Canal Içara

Canal Içara

22 de janeiro de 2021 - 03:20
Economia »
Voz Única: ações para as demandas do setor econômico de Içara serão definidas em reunião online na terça-feira
28/11/2020 às 14:51 | Redação | com a colaboração de Lucas Lemos, da Inoova Comunicação
O setor econômico de Içara definiu prioridades, obteve o comprometimento dos candidatos e, agora, será preciso projetar as primeiras ações para a aceleração do desenvolvimento da cidade. Esta é a proposta do projeto Voz Única, que terá continuidade de forma online a partir das 19h de terça-feira, dia 1. O encontro promovido pela Associação Empresarial de Içara contará com diretores, empresários, além da prefeita eleita, Dalvania Cardoso (PP). O link para acesso estará disponível nos canais digitais de relacionamento da entidade, entre eles, o site www.aciicara.com.br.

“Os empreendedores de Içara fizeram grandes contribuições no Voz Única. São ideias e projetos que não podemos deixar se perder. Precisamos delimitar ações e, nada melhor, do que a continuidade da participação coletiva para este próximo passo. Esta será a última reunião geral da ACII em 2020 e queremos que seja de preparação para 2021”, indica a presidente da ACII, Adriana Mara de Oliveira.

As demandas apresentadas pelos empreendedores içarenses durante o período eleitoral estão compiladas em parceria com o Sindilojas, CDL e Sindicato dos Trabalhadores Rurais em uma cartilha. O documento - disponível também no site da ACII - foi entregue a todas as coligações ao Poder Executivo. Além disso, os candidatos também tiveram espaço - com transmissão pela web - para apresentar os projetos em consonância com o setor econômico.

Prioridades do setor econômico de Içara

Agricultura: fortalecimento de políticas públicas de apoio à produção, à comercialização e ao aumento de recursos para agricultura familiar, motivando a manutenção de pequenos produtores nas suas propriedades de origem, a fim de prosperarem no campo e impedir, cada vez, mais o êxodo rural, principalmente da juventude;

Educação: alinhamento com o planejamento socioeconômico da cidade, com ensino técnico, disciplinas de empreendedorismo e inovação na educação básica e articulação com o setor empresarial para levantamento das demandas e necessidades;

Empreendedorismo: incentivar, planejar e organizar a cadeia produtiva e profissionais em um ecossistema integrado de inovação em hélice tripla (Governo, Setor Empresarial e Universidade em conjunto para o desenvolvimento socioeconômico local); desburocratizar para criar facilidades aos empreendedores que pretendem investir na cidade, gerando mais empregos, renda e novas oportunidades de negócios;

Infraestrutura: criação ou qualificação de um espaço cultural para a realização de eventos que oportunizem, ainda mais, o movimento no comércio e a oferta de serviços na cidade como em grandes eventos e feiras.

Mobilidade: urbanização no entorno da Rodovia Paulino Búrigo (SC-445) com padronização de calçadas, iluminação, espaço de caminhada e ciclovia; extensão do padrão aplicado na Rua Marcos Rovaris até o quadrante com a Rua Sete de Setembro, Vitória e Procópio Lima; além da revitalização da Praça São Donato.

Participação: ampliar o diálogo do Poder Público com o setor produtivo e entidades empresariais, com maior participação privada nas iniciativas de desenvolvimento do município.

Planejamento: implementar e executar os projetos estratégicos do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico Local e Regional; além do Projeto de Mobilidade Urbana Integrado: SC-445, Via Rápida, Avenida Procópio Lima, Avenida Manoel Gregório Pacheco (Rodovia dos Trilhos), Transporte Urbano e Ciclovias;

Segurança: investimento no cercamento eletrônico por câmeras e suporte aos órgãos de segurança existentes na cidade;

Tributos: criar incentivos fiscais, revendo os valores de ISS, IPTU, ITBI e Alvará, com o intuito de atrair e reter empresas; além do compromisso de não elevar impostos, nem taxas, para garantir que as empresas possam se recuperar do impacto econômico provocado pela pandemia em 2020;

Turismo: criar uma marca turística da cidade (desenvolver ícones para Içara, produtos e souvenirs com esses ícones, além de trabalhar as referências nos pontos turísticos e também a qualificação dos empreendimentos-chave); Incentivar, planejar e organizar os agentes, atrativos e ações estratégicas do turismo local; tematização da cidade para novas datas comemorativas, além do Natal, como na Páscoa, Dia das Mães, Primavera e etc.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias