Canal Içara

Canal Içara

06 de dezembro de 2019 - 00:54
Esportes » Memórias
Edvânio dos Reis, o campeão içarense
20/03/2013 às 20:37 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Não houve preparação em uma escolinha, tampouco influência por qualquer talento familiar. Filho de Edivânia dos Reis e Antônio Luiz Vianna, o garoto Edvânio se apaixonou cedo pelo futebol. E isto bastou para motivá-lo a participar da peneira do Criciúma Esporte Clube no Complexo Esportivo João Ramos Roussenq, em Içara. “Tinha muitos amigos e praticamente jogávamos todos os dias. Meu pai nunca foi um grande jogador. Inclusive é perna de pau. Mas sempre me apoiou”.

Aos 14 anos o içarense entrou para a base do Tigre. Foi do campinho da Abelha, no Barracão, para o Majestoso. Mas não avançou para uma posição melhor dentro do time. A trajetória foi desviada ao Próspera e Atlético de Ibirama através de empréstimos. “O Criciúma foi onde eu fiz a minha base como atleta profissional. Devo muitas coisas ao clube. Mas também fui muito injustiçado”, desabafa.

Após romper o contrato, ainda passou pelo Atlético Tubarão, Interporto (TO) e o Campinense (PB). Neste último clube chegou ao ponto máximo da carreira até agora. Foi campeão da Copa do Nordeste com a Raposa. A final ocorreu em ida e volta com vantagem nos dois duelos contra o ASA de Arapiraca. O primeiro, fora de casa, acabou em 2x1. Já no próprio território venceu por 2x0. O dia de glória em 17 de março de 2013 certamente ficará para sempre na memória. “A sensação é inexplicável. A ficha só caiu dois dias depois”.

Para o atleta, o segredo do sucesso no campeonato foi o foco de todo o plantel. “Já sabíamos da capacidade do time. Então a gente foi para esta decisão muito confiante. Até por tudo o que passamos até chegar. Estávamos cientes de que iríamos ganhar o título. Independente de quem fosse o adversário iríamos nos apresentar com muita garra e disposição. Não ia ter para ninguém naquela final. O resultado é que acabamos coroados com esta grande festa. A torcida e o clube mereciam", relata.

A taça que ergueu com os colegas campinenses ainda rende comemorações. Nesta quarta-feira será com a namorada de Treviso e a família, em Torneiro, onde os pais e a irmã Vanessa residem atualmente numa casa locada. “Juntamos dinheiro e começamos a construir uma nova casa no Barracão. Meu pai é o responsável pela obra e sempre que possível todos se juntam para ajudar”. Mas no caso do filho mais velho, a presença depende de raras folgas ou então do aguardo das férias no final do ano.

“Acredito que o meu sentimento também era o dos colegas. Tem muitos jogadores que passaram por times grandes do Nordeste e acabaram não sendo aproveitados. Até girava um comentário de que o Campinense era dos renegados. Mas todos deram a volta por cima e conseguiram esta alegria”, revela. "É muito gratificante ser lembrado pelo trabalho. Estou muito contente com tudo o que vem acontecendo. Espero poder compartilhar com toda a região”, relata.

Atualmente como zagueiro, Edvânio serve o Campinense também como volante sempre que requisitado pelo professor Oliveira Canindé. Aos 25 anos, mede 1,87 metro, pesa 82 quilos e tem a garantia de permanência no clube até 5 de junho. “A valorização aumentou com certeza. Foi o primeiro titulo da minha carreira. Espero que seja o primeiro de muitos. Acredito que aparecerão propostas. Sentaremos com o presidente para ver o que for melhor”, projeta.

Para o jovem pisciano o sonho é ainda maior. “Desejo jogar em grandes clubes, na Seleção Brasileira, na Europa... Quero me realizar pessoalmente, profissionalmente e financeiramente. Quero proporcionar ainda muita alegria para quem sempre me ajudou”, pontua. O caminho ainda aponta pela frente compromissos com o Campeonato Paraibano e a Copa do Brasil.

O Estadual já começou. O Campinense estreia nesta quinta-feira contra o Atlético Cajazeiras com parte do elenco reserva. Edvânio, por exemplo, está em Balneário Torneio e voltará para o Nordeste durante o confronto. Já no próximo domingo deverá entrar em campo. “Vamos ter um clássico da cidade contra o Treze. É um jogo importante”. Já na Copa do Brasil, a estreia será em casa, no dia 10, contra o Sampaio Corrêa (MA).
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas