Canal Içara

Canal Içara

15 de setembro de 2019 - 13:13
Esportes »
Talentos de Içara buscam apoio para levar Içara mais longe no downhill
06/09/2018 às 09:37 | Especial do Jornal Gazeta
Desafios radicais estão no sangue da juventude e a prova disso são Gabriel Borges Geraldecio, de 19 anos, e Thiago Francisco Bernado, de 18 anos. Moradores de Içara, eles iniciaram no ciclismo há um ano e meio e escolheram uma modalidade que enfrenta obstáculos em alta velocidade, geralmente não conhecendo o trajeto, tornando assim mais difícil a chegada. E tudo isso ladeira abaixo. Os amigos competem no downhill, uma subdivisão do mountain bike, e levam o nome do município a diversas provas realizadas em cidades de Santa Catarina e também no Rio Grande do Sul.

Saindo das pistas, os obstáculos são diferentes, só que esses não são resolvidos apenas com talento. A falta de incentivo é a principal queixa, pois os atletas contam apenas com o apoio dos pais. E raramente conseguem patrocínios, como o oferecido pelo Supermercado Abimar para uma prova disputada recentemente em solo gaúcho. A dificuldade para se preparar para as competições também é uma realidade, devido a conciliarem o esporte com o trabalho. Além disso, Gabriel mora no Centro de Içara e Thiago no bairro Nossa Senhora de Fátima e os treinos geralmente são realizados em Criciúma.

“É difícil conciliar o tempo para treinar, pois geralmente treino na Terceira Linha”, conta Gabriel. “Tenho tempo apenas aos finais de semana. Em dias de semana, pratico aqui em Içara para fazer exercício”, arremata Thiago. Eles explicam que o deslocamento a outros lugares é necessário para o aprimoramento no ciclismo. “Treino no Morro da TV (Morro Cechinel), é na casa de uns amigos. De vez em quando eu e o Gabriel dividimos gasolina e vamos até Gravatal, Garopaba”, completa.

Bons resultados apesar da pouca experiência na modalidade

Gabriel e Thiago são recentes no esporte, entretanto, apresentam bons desempenhos nos campeonatos que disputam. “Um amigo meu, há um ano e meio, me convidou para treinar. E desde então venho conseguindo pódio em quase todos os campeonatos”, celebra Gabriel. Já Thiago começou no esporte como um passatempo. “Comecei com uma brincadeira. Eu sempre quis ter uma Gios (bicicleta para mountain bike) e, quando ganhei uma de Natal, comecei a melhorar a bike e iniciei nos campeonatos. O primeiro que participei foi em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, em 2017, e fiquei em sexto lugar”, detalha.

Depois do primeiro campeonato, o gosto pelo esporte se fortaleceu. “A paixão só aumentou e vem crescendo no ciclismo”, relata Thiago. Devido ao bom desempenho nas pistas, vem a inspiração para o crescimento na modalidade. “Os resultados do ano passado foram bons. Este ano peguei o pódio em quase todas, só em dois campeonatos que não”, diz Gabriel. Motivado, Thiago também pretende evoluir ainda mais no esporte. “Pretendo melhorar cada dia mais”, projeta.

+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas