Canal Içara

Canal Içara

09 de dezembro de 2019 - 05:07
Esportes »
Vila Nova decide mais um Praião
22/02/2008 às 11:35 | Lucas Lemos | jornalagoraonline.com.br
O melhor time do último Praião volta a marcar presença na final da competição. Na edição que se encerra neste domingo, dia 24, o Vila Nova enfrenta o Carbonífera Criciúma. O campeão será definido às 10h na Arena Central do Balneário Rincão.

Além do futebol, não faltarão atrativos para levar mais de três mil pessoas ao Rincão. “Tivemos uma reunião com os patrocinadores para levar para a Arena o palhaço Tetê e alguns mascotes”, relata o presidente da Fundação Municipal de Esportes de Içara (FME), Cláudio Blissari. “Também teremos a distribuição de brindes e a instalação de um trio elétrico”, completa. Sobre a segurança, Blissari destacou que já conversou com o Comandante da Polícia Militar de Içara, Major Márcio José Cabral. Segundo o presidente da FME, o policiamento está garantido.

A equipes finalistas, que farão o espetáculo neste fim de semana, tiveram que vencer adversários de peso, no domingo, dia 17. O Clube de Pais e Amigos de Içara jogou com o Carbonífera Criciúma. O equilíbrio no placar pôde ser traduzido como qualidade técnica dos times. No primeiro tempo, ambos brigavam com o vento, que era o principal adversário. Na segunda etapa, Eduardo Porton, do Cpai, foi quem iniciou os gols do jogo. Ele, que já foi destaque como jogador do Cidade Azul, foi responsável pela vibração dos moradores do bairro Aurora. Mais seis minutos se passaram e Rafael Belmiro igualou para o Carbonífera. Com a expulsão de Jair Bala, o Carbonífera contava com um jogador a menos. E, assim, foi para a prorrogação de 20min. De cabeça, Edrevaldo Jaques, conhecido como Testa, levou a bola para o fundo das redes do Cpai.

No segundo jogo de domingo, realizado às 16h30min, o Vila Nova enfrentou o Praia. Nesse confronto de içarenses, não faltou torcedores. Toda a arquibancada foi dividida pelos dois times. De um lado, os moradores da Praia se agitavam ao som de batuques e sirenes. Do outro, os torcedores do Vila, mais comportados, empurravam o time com gritos de guerra.

A primeira oportunidade de gol do Praia foi desperdiçada por Rafael. Para atrapalhar o confronto, parte dos torcedores passaram a jogar rojões dentro do campo. O craque Everaldo, ajeitou a bola na lateral, mirou no gol e aproveitou a antecipação do goleiro, abrindo o placar para o Praia. No contra ataque, André Colombo foi derrubado na área do adversário. A cobrança da penalidade foi convertida em gol. Figueroa saiu para a cobrança e igualou o placar.

Na segunda etapa do confronto, Filipe Monteiro, do Vila Nova, foi derrubado a caminho do gol adversário. Figueroa mais uma vez ficou com a responsabilidade de cobrar a falta. A bola tocou em Israel Alano, do Vila, e desviou para o fundo da rede. Confusões a parte, o placar entre o Vila e o Praia já estava definido. Nem mesmo nos acréscimos o resultado foi alterado.
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas