Canal Içara

Canal Içara

17 de novembro de 2019 - 06:03
Esportes »
Vila Nova é vice do Praião, de novo
02/03/2009 às 14:07 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Assim como na última edição do Praião, o Vila Nova e o Carbonífera Criciúma se enfrentaram na final do Praião. O resultado não foi o mesmo, mas os efeitos do placar tornaram mais uma vez os adversários de Içara campeões. O jogo válido pela Taça Criciúma Construções aconteceu na manhã de domingo, dia 1º, na Arena central do Balneário Rincão.

Acesse:
» Confira os Campeonatos de Verão 2008

A contagem de gols iniciou aos 20min, num chute direto de Figueroa. Alguns minutos depois, Fá, do Carbonífera Criciúma marcou o gol do empate. Porém, o lance não estava mais valendo. Ele havia balançado a rede depois que o árbitro Almir Bortolotto tinha anotado uma falta na frente da trave. Na cobrança da penalidade, o placar foi realmente igualado por Anderson Butiá. Ainda no primeiro tempo, Marcelo Silva ampliou para o time criciumense.

Na etapa seguinte, Figueroa marcou mais um gol e colocou o time de volta na briga pelo título. O acréscimo no ânimo foi representado por algumas tentativas que tiraram o fôlego da torcida. Uma delas teve a participação do craque Wilsão. Ele desperdiçou uma oportunidade ao lançar a bola por cima do travessão.

Com o resultado em 2 a 2, ainda restava disputar a prorrogação. E logo nos cinco primeiros minutos do tempo extra, tanto o Vila quanto o Carbonífera acrescentaram mais uma unidade ao placar. Do lado criciumense, o responsável foi Marcelo Silva. Já a equipe de Içara contou com Chumbo. Na troca de lado, o placar também cresceu. Marcelo Silva voltou a balançar a rede pelo Carbonífera. E França, do Vila Nova, descontou o gol, encerrando a disputa em 4 a 4.


MELHORES DA SÉRIE A SÃO PREMIADOS

Elias, mais conhecido pelo sobrenome Figueroa, encerrou o Praião como o maior goleador desta edição do campeonato. Ao todo, ele marcou 11 gols. Em relação à defesa, o goleiro menos vazado foi Rafael Dal Toé. Pelo Palmeiras, o jogador deixou escapar somente dois lances. Ainda entre os premiados, o Alô Você foi lembrado pela disciplina, com somente sete cartões amarelos.
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas