Canal Içara

Canal Içara

12 de agosto de 2020 - 00:39
Cotidiano »
Professores paralisam atividades
23/04/2013 às 08:51 | Especial de Francieli Oliveira, do Jornal da Manhã
Os professores da rede estadual param as atividades por três dias a partir de hoje. As reivindicações são as mesmas do ano passado, sendo que a principal é o pagamento do piso na carreira. Hoje, acontece uma assembleia regional, a partir das 14 horas, no Colégio Sebastião Toledo dos Santos, o Colegião, para definir a mobilização de amanhã.

De acordo com a coordenadora regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Janete Jane da Silva, do ano passado para cá não houve avanços nas negociações com o Governo do Estado. “Podemos dizer que houve retrocessos, porque agora estão ameaçando nos tirar a regência de classe e aumentar para 40 o número de alunos em salas de aula que, por lei, têm capacidade de abrigar apenas 24 estudantes”, relata a dirigente sindical. Os profissionais de educação pedem, além do pagamento do piso na carreira, um terço de hora/atividade, a realização de concurso público e melhorias físicas em escolas. Também da mobilização de rua, que será realizada amanhã. Na quinta-feira os educadores de todo o Estado se reúnem a partir das 14 horas em frente ao Centro Administrativo, em Florianópolis. Janete acredita em boa participação na regional de Criciúma. “As maiores escolas irão paralisar em Criciúma, e vamos ter adesões também nos municípios vizinhos, mas somente amanhã teremos esses números”, pondera.

A secretaria de Estado da Educação emitiu nota oficial comunicando que a mobilização não tem respaldo do órgão. Por isso, os três dias serão considerados dias letivos, necessários para o cumprimento dos 200 dias e 800 horas, previstos no calendário escolar.

“A secretaria trabalha visando garantir a normalidade nas escolas, e os diretores devem garantir aos alunos o acesso e a permanência em sala de aula. Os professores que não comparecerem ao trabalho terão suas faltas registradas nos assentos funcionais e descontadas de acordo com a legislação vigente. Cabe a cada Gerência de Educação o acompanhamento das atividades educacionais nas unidades escolares de sua abrangência”, traz a nota.

Para amanhã está programada a realização da Conferência Nacional de Educação (Conae) na escola, organizada pelo Fórum Estadual de Educação de Santa Catarina (FEE/SC). A Conferência está prevista no calendário escolar 2013, sendo um espaço de participação efetiva de pais, professores, alunos, entidades democráticas, sindicatos e demais associações existentes na comunidade, e de discussão coletiva sobre as políticas públicas educacionais em âmbito municipal, estadual e federal.

+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias