Canal Içara

Canal Içara

16 de novembro de 2018 - 23:31
Política » Eleições 2012
Candidatos mostram ideias aos estudantes
14/09/2012 às 11:49 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Além da sabatina no Colégio Cristo Rei, os candidatos a prefeito receberam questionamentos também na Escola Professora Salete Scotti dos Santos. As respostas de José Zanolli (PSD) e Murialdo Canto Gastaldon (PT) foram registradas na manhã desta sexta-feira, dia 14. Ambos ficaram posicionados no pátio da unidade estadual. E na frente da arena tornaram-se alvo dos estudantes do terceiro ano do ensino médio.

O evento trabalhado em sala de aula foi mediado pelo radialista Charles Cargnin. Conforme determinado pela escola, as mesmas perguntas serviram para os concorrentes a eleição majoritária de Içara. O tempo de resposta ficou determinado em três minutos para cada. Sem embate direto, não houve então réplicas. Por ordem de sorteio, Zé Zanolli fez a primeira fala nas considerações iniciais. Consequentemente a ordem nas outras interrogações foi alternada.

Além dos prefeituráveis, os postulantes a vice também tiveram espaço. No entanto, discursaram apenas no início e no final do debate. "É com muita responsabilidade que a escola promove este momento. As perguntas foram realizadas por alunos e passaram pela seleção dos professores", destaca o diretor Max Mello. Abaixo o Canal Içara sintetizou algumas respostas. Confira:

"Este debate é fundamental para mostrar a importância da política na vida do cidadão", avalia Zé Zanolli. "Eu já fui estudante e venci. O que desejamos é que os alunos de agora façam o mesmo", completa o vice da coligação, Júlio Cechinel (PP). "Eu sou como estes estudantes, cheio de esperança e de vontade", emenda Murialdo. "Temos que fortalecer ainda mais os sonhos. Estamos aqui para fazer com que isto acontece. Queremos que os filhos desta cidade não precisem ir para fora estudar", completa o vice dele, Sandro Giassi Serafim (PMDB).


Saúde
  • Murialdo: A saúde em Içara historicamente sempre esteve abaixo da média.. Se olharmos, a Educação é colocada acima do nível estadual. Já a saúde não. Pegamos o Hospital São Donato como exemplo. Temos 70 leitos e precisaríamos de 180. O HSD não dá mais conta de atender nas condições em que se encontra hoje. Por isso defendemos um novo hospital. Será muito mais do que um 24h. E com a garantia de que seja 100% SUS. Para isso é fundamental a parceria com o Governo Federal.
  • Zé Zanolli: Teremos sim o 24h em Içara. Não entendemos tratar as pessoas pelo número, mas pelo nome. Enquanto não tivermos este serviço, colocaremos um segundo médico no Pronto-Socorro do Hospital São Donato, além de uma parceria com a fundação hospitalar. Precisamos que o número de especialistas aumente para acabar com as filas. É necessário acabar com a a espera pelo atendimento que não ocorre quando um político intervém.


Transporte coletivo
  • Zé Zanolli: Os bairros devem ter facilidade para chegar ao Centro. Não vamos priorizar empresas. Priorizaremos as pessoas. Queremos ainda melhorar a frota do município. O nosso dever é atender bem o cidadão içarense. Somos servidores da população. Implantaremos linhas para o Demboski, Jaqueline... e outras comunidades em que é preciso andar quase um quilômetro para ter acesso ao transporte coletivo. As empresas precisam atender as necessidades dos estudantes, dos trabalhadores e dos içarenses
  • Murialdo: Entre o içarense e a Içarense, fico com o içarense. O Sandro nunca teve oportunidade de ser vice-prefeito, nem eu fui prefeito. Por isso fica mais fácil falar do que pretendemos fazer. O transporte facilita a vida das pessoas e garante a movimentação de mercadorias.


Educação
  • Murialdo: Aquilo que compete ao município queremos fazer em tempo integral. As creches são exemplos. Nossa proposta é criar mil novas vagas com expediente até as 19h e sem fechar nas férias. Se a criança estuda de manhã, terá com música e outras atividades a tarde. A Educação é essencial. Todos falam que é prioridade. Mas se fosse prioridade já estava resolvida. Queremos que a juventude de Içara seja referência na cultura e na tradição.
  • Zé Zanolli: Nunca tive a oportunidade de ser prefeito. E na vida a gente busca oportunidades. Eu busco isso para que possamos ter mais vagas de zero a três anos. E não vou quantificar números. Queremos implantar ensino integral e abrir inclusive nas férias. Vamos além. A estrutura das escolas serão melhoradas com ginásios poliesportivos. Faremos um curso pré-vestibular gratuito. E queremos ainda criar cursos técnicos, profissionalizantes e bolsas de estudo


Mina 101
  • Zé Zanolli: Sou contra a instalação da mina. Sou a favor da agricultura. E ninguém pode ter dúvida quanto a isso. Vamos respeitar a lei. Precisamos trabalhar muito nas nossas escolas a coleta seletiva. Vamos priorizar o meio ambiente, priorizar a água. E já estamos estudando a implantação de energia eólica na cidade. Queremos também fazer através da educação com programas que possam trabalhar a ideia do meio ambiente;. Os estudantes tem um papel fundamental para construir esta cidade que queremos
  • Murialdo: Não é só em relação a extração de carvão. É a água. Crescer por crescer, em termos de atividade econômica, é o lema das células cancerígenas. O que interessa é o desenvolvimento sustentável. É assim que estamos pensando não especificamente sobre a Mina 101, mas sobre toda a cidade.


Turismo
  • Murialdo: O turismo é fundamental. Mas não temos esta característica em Içara. O Rincão tem. Temos áreas rurais fantásticas que podemos usar como vetores de desenvolvimento. Este é o primeiro ponto. O segundo é a SC-444. Temos a possibilidade da via Rápida e outra entrada para a cidade. Teremos então um outro eixo na SC-444. Pretendemos fazer nela o turismo de negócios. É assim que estamos pensando com a municipalização desta rodovia.
  • Zé Zanolli: Acredito que o turismo é uma forma de agregar renda. Não tenho nenhuma dúvida disso. Quero dizer que vamos construir um parque municipal de eventos. Temos a primeira montadora de tratores do estado. Somos a capital sul-americana de descartáveis. Temos também uma agricultura familiar forte. Temos que fazer com que as pessoas de outros municípios e de outros estados venham nos visitar. Investir no turismo rural é fazer essas famílias ficaram na sua comunidade. Temos que ter também a orquestra municipal. Turismo é uma fábrica sem chaminé.


Plano Diretor
  • Zé Zanolli: O Plano Diretor de Içata tem 24 anos. Vamos a partir de janeiro contratar uma equipe de técnico que possam, com a equipe da Prefeitura, fazer um projeto de prioridade. Jamais vamos fazer com que as indústrias e as empresas tenham prioridade no Plano Diretor. Queremos a Avenida das Nações e ampliar a Avenida Lauro Müller. Precisamos de ações do Poder Público e da comunidade para que o planejamento seja responsável.
  • Murialdo: Imagina se um avião decola sem plano de voo. Imagine se alguém sai com o carro sem saber para onde ir. A cidade precisa urgentemente desse Plano Diretor. E a cada eleição se apresenta como fundamental. Temos a BR-101 que corresponde a 5% do território catarinense. Temos 20km em Içara e precisamos definir como será a ocupação. Vamos ter também a Via Rápida e novas moradias. A sociedade define e a Prefeitura executa. É simples assim o que a gente pensa sobre o Plano Diretor


Cultura e lazer
  • Murialdo: Não há nem pequenos, nem médios ou grandes espaços para o lazer. A cultura é um direito que os cidadãos tem para se expressar livremente. Ele se expressa pelo artesanato, pelo teatro.... Nós convivemos numa democracia. Temos direito de opinar e de de expressar. O que nós pretendemos é que em vários bairros tenhamos espaços para skate, basquete, teatro, etc. O lazer é fundamental para qualquer sociedade. Chega no fim de semana o que o jovem faz no final de semana? Casa do Rock? O que fica de opção? temos que procurar esta oportunidade.
  • Zé Zanolli: A primeira obra que vamos fazer é o Centro Cultural. Os jovens sabem que muitas vezes se perde a oportunidade de assistir cantores, peças de teatro e eventos que vão para Criciúma, Florianópolis ou Porto Alegre. Queremos dar oportunidade. Não há local para formaturas. Isto não pode ocorrer numa cidade com 60 mil habitantes. Também queremos contruir a cidade do idoso. Vai ser construído um local para que eles passem o dia. E por falar em praça, não temos um local adequado para o pedestre caminhar e nem ciclovias. Vamos ter uma academia em cada bairro da cidade. Queremos aula de música, caratê, balé, judô com oferta de bolsa de estudos para quem representar a cidade


Segurança:
  • Zé Zanolli: Vamos trabalhar o aumento no efetivo e criar a guarda municipal para ampliarmos o trabalho nas escolas e nos bairros. Isto vai garantir que a Polícia Militar também possa focar o atendimento. Queremos câmeras de segurança não somente no Centro, mas também nos bairros.
  • Murialdo: As vezes confundimos segurança pública com ordem pública. A ordem de uma sociedade é de quem tem o poder. A questão do policiamento é com a segurança. E a segurança pega muitas situações. Há violência contra crianças, animais, idosos e mulheres. Percebem que é sempre o mais frágil é a vítima? Nunca o mais forte. O compromisso nosso é com o mais fraco. Aqui em Içara temos hoje um boletim de ocorrência por hora. E nem todas as pessoas procuram a polícia pra registrar pois acham que não vai dar em nada. Temos um assalto a mão armada a cada três dias. Isto não dá mais. E o que podemos fazer? O Governo do Estado tem suas responsabilidades, mas está falhando muito na cidade. Precisamos de política antidrogas. Assim preservamos o cidadão e colocamos na cadeia o traficante. Podemos contribuir também com uma polícia municipal desarmada.


Agricultura
  • Murialdo: Se nós conseguirmos levar para o campo aquilo que tem na cidade, as pessoas vão preferir permanecer por lá. Isto é possível através do Governo Federal. Há um grande projeto no Ministério do Desenvolvimento Rural para pavimentar caminhos rurais. Isto vai possibilitar o escoamento da produção. Este é o compromisso com o agricultor. Levar pavimentação e garantir a venda dos produtos.
  • Zé Zanolli: Vamos criar um plano de pavimentação para a área rural. Dizer que vamos fazer isto em todas as ruas do interior, isto não existe, não vai acontecer. Não podemos prometer o que não vamos conseguir fazer. Queremos construir um programa de habitação para a área rural. Além disso, investir na agricultura familiar através da feira livre e da criação da cooperativa de leite.


Empregos
  • Zé Zanolli: Precisamos trazer empresas e investir na capacitação dos nossos jovens. As empresas para se instalarem em Içara, além do local, precisam ter mão de obra qualificada. E quando investimos no içarense, fazemos com que a população tenha um salário melhor. Na BR-101 criaremos novos distritos industriais para que a cidade possa crescer. A nossa meta é 40 empresas em quatro anos. Isto com auxílio e uma incubadora. Na Educação, nossa proposta é ter uma matéria que trate do empreendedorismo.
  • Murialdo: Faz pouco tempo que nos libertamos da escravidão. E o direito ao emprego, numa sociedade capitalismo, é a contrapartida ao direito a propriedade. O Poder Público tem que garantir o emprego. Não queremos a juventude de Içara na mendicância. Queremos que sejam empresários e não corram riscos sociais. Tempos atrás, as pessoas tinham que decidir o curso que iam fazer para entrar logo no mercado. Hoje, o computador, Facebook e a Internet é muito rápido. Mas o jovem precisa de mais tempo para decidir a sua profissão. Temos que aproveitar as empresas que já estão estabelecidas até para não correr o risco de quebrar aqueles que já estão na cidade. Precisamos procurar setores econômicos que tem crescimento acima da média nacional
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas