Canal Içara

Canal Içara

19 de outubro de 2019 - 19:05
Política » Eleições 2012
Candidatos provocam adversários em debate
18/09/2012 às 09:44 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
A eleição em Içara teve uma apimentada com novo debate entre candidatos nesta terça-feira, dia 18. O encontro de Murialdo Canto Gastaldon (PT) e José Zanolli (PSD) desta vez ocorreu nos estúdios da Rádio Eldorado (AM 570), na Avenida Centenário, em Criciúma. O programa apresentado por João Paulo Messer foi dividido entre perguntas de jornalistas, tempo livre para discussão sobre o pleito, além de perguntas entre os concorrentes. O ponto mais quente ficou por conta dos embates diretos e das análises.

“O debate é a oportunidade de mostrar quem é quem. É a oportunidade das pessoas olharem as propostas viáveis e quais delas são apenas para enganar a população”, acredita Zé Zanolli. “Antes não havia perguntas de jornalistas. Era embate entre candidatos. Acho super importante esta questão para esclarecer a população. É como se Içara fosse uma grande empresa em que agora se escolhe o administrador”, completa o concorrente a vice, Júlio Cechinel (PP).

“Eu sempre insisto e cobro muito a realização dos debates. Se eles não existem, falamos sozinho e a sociedade não consegue separar o joio do trigo. Acho que é preciso de prazos mais longos e também perguntas entre os candidatos”, acrescenta Murialdo. “Os debates influenciam. As pessoas sentem quem fala com o coração. Muitos estão indecisos. Este momento esclarece e a rádio tem amplitude na cidade”, avalia também o vice da coligação, Sandro Giassi Serafim (PMDB). O Canal Içara sintetizou algumas das perguntas e respostas. Confira:

Murialdo: No teu plano de governo, qual os critérios para doação de terrenos para empresas?
  • Zé Zanolli: Isto é determinado pelo Conselho da Indústria e Comércio. Todas as doações tem o parecer do procurador do Município. Vamos fazer com que o conselho continue com este poder. É preciso respeitar o que os conselheiros. São pessoas idôneas.
  • Murialdo: Vamos obedecer o que determina a lei e não o conselho. O que determina a lei é que a obra precisa iniciar em seis meses e depois, mais 20 meses, para efetivar os trabalhos. Mas vamos ampliar esta situação. Colocaremos que cada hectare precisará gerar 30 empregos. Assim teremos condições de garantir a geração de renda na cidade.


Zé Zanolli: Em nosso plano de governo, temos um capítulo sobre transparência. Você fala que só vai trabalhar com ficha limpa. No entanto, esconde o prefeito Gentil Da Luz, o Arnaldo Lodetti Júnior, além de ter o apoio de oito presos pelo Gaeco. Essa é a transparência que deseja implantar?
  • Murialdo: Eu fico até com pena de ter feito essa pergunta em uma leitura. Arnaldo foi coordenador da campanha do teu pai e secretário de Júlio Cechinel. Continuando, não tem ninguém do Gaeco na nossa coordenação de campanha. Só temos ficha limpa. Só vai trabalhar em nosso governo quem é ficha limpa. E quem é ficha limpa não precisa correr na rua para dizer que é transparente. Quem tem que dar participação no Governo do Gentil Da Luz és tu. Este governo é teu. Prefeito e vice-prefeito é uma dupla. O Arnaldo Lodetti apoia como milhares de pessoas. Reuniões nós fazemos em qualquer local. A minha participação do Comitê Gestor era em tempo integral. Como vice-prefeito, deverias ter denunciado na época e não agora
  • Zé Zanolli: Você disse que iria defender o prefeito Gentil Da Luz. Mas não o fez e ainda faz reuniões na casa dele. Você também fez parte do Governo Municipal. Só trabalhava duas horas. Tesoureiro é da Prefeitura Municipal.


Murialdo: Qual a sua proposta para a saúde de Içara?
  • Zé Zanolli: Enquanto não tivermos o 24h, queremos o segundo médico no pronto-socorro do Hospital São Donato. Queremos o fim das filas. Vamos implantar uma clínica de psiquiatria e para dependentes químicos. O cidadão içarense precisa de atendimento especializado. É preciso de um centro ao idoso. Nossa ideia é ser modelo em Santa Catarina. A saúde hoje é o principal pedido. E não adianta dizermos que vamos construir um hospital regional. Primeiro temos que ser referência.
  • Murialdo: Vocês tiveram todas as oportunidades para implantar. De novo continuaremos os mesmos problemas. Queremos um modelo novo. Vamos resolver o problema se aumentarmos os leitos no Hospital São Donato. É isso que pretendemos em uma primeira fase. Num segundo momento vamos construir um novo hospital.


Zé Zanolli: Em seu programa de rádio, tens fugido do compromisso de repassar o aumento do magistério. É isso mesmo? Vais frustrar uma classe em que faz parte?
  • Murialdo: Vamos cumprir tudo o que diz respeito a Educação. Sou professor e minha professora também. Na questão liga as creches, o funcionamento será integral até nas férias. Vamos iniciar o ensino integral também nas escolas. Não adianta dizer que a Educação é prioridade e isto não acontecer. A última greve aconteceu quando teu pai era prefeito
  • Zé Zanolli: Como vice-prefeito eu não tive oportunidade. Fui usado apenas para ganhar eleição. Nos dois meses que fui prefeito de Içara, os içarenses sabem o que fiz. Quando fui presidente do Samae, deixei R$ 1,8 milhão em caixa. Não me envergonho do passado. Envergonho-me do presente.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas