Canal Içara

Canal Içara

21 de abril de 2019 - 00:10
Política » Emancipação do Rincão
Comissão do Rincão cobra divisão
05/04/2011 às 21:49 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O cumprimento da lei complementar 135/1995 serviu como alvo de um debate na noite desta terça-feira, dia 5. A especificidade colocada em evidência foi a divisão da contabilidade e a constituição de pessoas da Administração Municipal para compor a comissão de emancipação. O encontro ocorreu no Rincão Praia Clube, no distrito, com lideranças do litoral, além do prefeito Gentil Da Luz. Também convidados, todavia, faltaram os vereadores de Içara. Apenas o rinconense Jurê Carlos Bortolon compareceu.

Conteúdo relacionado:
Especiais » Confira outras notícias sobre a emancipação do Rincão


"A Prefeitura está de portas abertas. O subprefeito Jairo Celoy Custódio e os servidores têm toda a liberdade para trabalhar com vocês. Conversei ainda com o procurador e a secretária de Administração para também atuar em conjunto. Quanto a contabilidade separada, acho interessante. Até porque a maior parte dos recursos que temos vai ser investido no Rincão", afirma Gentil.

Sobre o futuro município, o prefeito também opinou e emitiu um alerta para a união com o Governo Municipal no processo de emancipação. "É preciso tratar dos projetos futuros para o Rincão. Afinal, sem boas propostas, não há recursos do Governo Federal", lembra. "É preciso trabalhar muito forte o esgotamento sanitário. Temos que agilizar isto porque a partir de 2013 não teremos mais 50 mil habitantes. Vai complicar para Içara e o Rincão", enfatiza.

"Acho que foi importante a nossa discussão. O passo fundamental agora é irmos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Precisamos da inscrição do novo município para a criação de uma nova zona eleitoral. Isto eu tenho certeza porque trabalhei muito sobre a documentação necessária", afirma o vice-presidente do grupo de emancipação, Naelti Viana.

AUDIÊNCIA NO TRE - Na próxima semana, uma reunião deverá ser marcada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Conforme o presidente da comissão de emancipação do Rincão, Jairo Celoy Custódio, o encontro para o detalhamento da transição só não ocorreu ainda devido a mudança na presidência da corte catarinense. As dúvidas quanto ao pleito ocorrem, por exemplo, sobre o eleitorado que escolherá o Executivo e Legislativo do Rincão.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas