Canal Içara

Canal Içara

21 de novembro de 2019 - 20:01
Política »
Água e esgoto: Comissão de Serviços Públicos indica custos menores em Samaes
19/06/2018 às 16:49 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O debate entre a população, Executivo, Legislativo e Casan deve ser ampliado em Içara. Este é o parecer final da Comissão Permanente de Serviços Públicos da Câmara Municipal após a visita em três Serviços Autônomos Municipais de Água e Esgoto em Santa Catarina e à Casan em Florianópolis. Além das diligências em Sombrio, Orleans e São Ludgero e na capital, os vereadores coletaram informações de Pomerode, Blumenau, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul para apresentar uma conclusão.

“O principal foco das visitas foi a estrutura tarifária uma vez que o tema levantou várias discussões em Içara, inclusive com a suspensão temporária da cobrança da taxa de esgoto desde fevereiro deste ano”, coloca o presidente, Márcio Realdo Toretti (MDB). “Foram buscadas cidades com o serviço igual ou semelhante. E todos funcionam bem”, aponta o documento elaborado em conjunto com Antonio de Mello (MDB), Pedro Mazzuchetti (MDB), Itamar Oloyde da Silva (PP) e Silvia Mendes (PP).

O estudo foi realizado devido a proximidade do término do contrato de Içara com a Casan. O prazo expira em 31 de dezembro de 2018. E conforme o relatório da comissão, existe a possibilidade da cidade oferecer custos menores à população. O valor da taxa de esgoto em algumas das cidades varia entre 60% e 80% sobre o valor da taxa de água, ou seja, abaixo dos 100% projetados para Içara. “Enquanto a Casan cobra a taxa de água (10m³) de R$ 42,19 com 100% na taxa de esgoto, as demais cidades tem valores entre R$ 19,42 sobre a água (80% esgoto) até R$ 36,83 de taxa de água (70% esgoto)”, acrescenta.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas