Canal Içara

Canal Içara

26 de abril de 2019 - 12:54
Política » Contas Municipais 2007
Heitor Valvassori fica inelegível
04/12/2009 às 15:00 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Através de votação secreta, o exercício fiscal de 2007 da Prefeitura de Içara foi reprovado também pelos vereadores. A decisão tomada na noite de quinta-feira ratifica o parecer do Tribunal de Contas do Estado. E deixa o ex-prefeito inelegível por quatro anos. Ou seja, Heitor Valvassori (PP) não poderia concorrer a qualquer a eleição caso haja de fato a cassação do atual prefeito, Gentil Da Luz (PMDB). Dos 10 legisladores, seis se apresentaram contrários ao relatório emitido pelo órgão estadual.

Contudo, antes mesmo da Câmara Municipal ratificar a rejeição das contas do Executivo de 2007, o grupo de oposição ao governo já havia anunciado que iria entrar com pedido de anulação da sessão. Conforme o vereador Darlan Carpes (PP), um requerimento foi protocolado na casa pedindo que o parecer do Tribunal de Contas do Estado fosse analisado novamente em Florianópolis. Mas, o pedido assinado por ele, Itamar da Silva (PP), Marzinho do Pereira (PP), Joaci Domingos (PP) e André Jucoski foi devolvido sem uma resposta da presidência da Câmara.

Conforme o presidente do Partido Progressista (PP), Arnaldo Lodetti, a reprovação das contas foi uma surpresa. A expectativa da sigla é que fosse mantido o parecer da comissão de finanças do Legislativo Municipal, o que descaracterizaria as irregularidades apontadas pelo TCE. “Agora vamos ver os desdobramentos na sexta-feira”, afirma ele com relação à tentativa dos vereadores de anularem a sessão.

Já sobre uma possível eleição, Arnaldo confirma que o nome de Heitor já estava fora de cogitação. Uma pesquisa nos próximos dias será realizada para definir o nome de maior apelo na cidade. Os pré-candidatos são Olavo Della Bruna, Pedro Deonízio Gabriel, Valmos Rosso e os vereadores Marzinho do Pereira e Itamar da Silva.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas