Canal Içara

Canal Içara

06 de dezembro de 2019 - 11:33
Política » Eleições 2016
Prefeituráveis: Içara mais saudável
02/09/2016 às 09:03 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O Sistema Único de Saúde é a principal opção para a maioria dos içarenses. O atendimento começa nas unidades de saúde do Município ou, no caso de emergências, no Pronto-Socorro do Hospital São Donato. Indiferente do local de acesso ao SUS, a exigência é a mesma: um serviço eficiente. Isso exige no mínimo equipe qualificada constantemente, especializada, profissionais em quantidade suficiente para a demanda, estruturas adequadas, salários em dia, disponibilidade de equipamentos, medicamentos e facilidade no acesso. O que mais propõem os candidatos ao Poder Executivo de Içara?

“Queremos que cada comunidade escolha a coordenação das unidades de saúde. Claro que isso levará em consideração o quadro técnico”, ressalta Gilmar Axé (PSOL). “Propomos manter as unidades para atendimentos pequenos e quatro ou cinco postos estratégicos com atendimento ampliado. Além disso, o atendimento será prolongado na unidade de saúde do trabalhador”, enaltece. O segundo médico no Pronto-Socorro do Hospital São Donato também é garantido. “Vamos informatizar o sistema de saúde da cidade. Todos terão meios para saber como funciona e se está funcionando”, completa.

“A ideia é centralizar ainda mais os atendimentos no Jardim Elizabete. Já temos a unidade de saúde e o centro materno-infantil. Além disso, estão em construção duas novas unidades para o centro de especialidades médicas e centro de especialidades odontológicas", coloca Murialdo Canto Gastaldon (PMDB). Com o programa Melhor em Casa, a proposta é ter uma equipe para os pacientes que precisam de cuidados, mas não necessitam estar hospitalizados. Os bairros Vila Nova, Presidente Vargas e a região central terão atendimento por 12h nas unidades de saúde. Já o ambulatório de saúde mental ganhará reforço para as crianças.

“Do total de mortes em nossa região, 27% são por doenças cardiovasculares. Por isso criaremos um instituto especializado através de parceria público-privada no Hospital São Donato. A gestão teria 33% de participação de médicos, 33% dos hospitais e 33% do Município”, propõe Dalvania Cardoso. O compromisso com a saúde inclui plantão pediátrico no HSD, o segundo médico no Pronto-Socorro, remodelagem do programa de saúde bucal, implantação de uma rota única para autorizações e exames nas imediações do HSD, ampliação de médicos na atenção básica, distribuição de remédios em casa.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas