Canal Içara

Canal Içara

16 de junho de 2019 - 22:13
Política » Operação Moralidade
Sapinho é denunciado por compra de votos
06/06/2013 às 15:27 - atualizada às 16h31 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O vereador Rodrigues Mendes (PMDB) ainda deve ser notificado oficialmente de uma ação penal movida pelo Ministério Público na comarca de Içara. Após o processo ser recebido pelo magistrado, o réu terá 10 dias para apresentar as contrarrazões. A denúncia é por crime eleitoral decorrente da compra de votos nas eleições de 2012. A prática teria ocorrido pelo menos duas vezes. Ambas foram verificadas através de gravações telefônicas autorizadas pela Justiça.

As interceptações foram realizadas em consequência direta da Operação Moralidade. As conversas registradas ocorreram nos dias 11 e 13 de setembro, portanto, em plena campanha eleitoral, mas anteriores aos indiciamentos do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas. Nas duas situações, o mesmo posto é indicado como fornecedor de gasolina através de ordens de pagamento do então candidato.

No entendimento da promotora Maria Cláudia Tremel de Faria, os dois crimes foram em continuidade. Por isso, em caso de penalidade não cabe o acúmulo. Pelo Código Eleitoral, oferecer, solicitar ou receber vantagem para obter ou dar voto é passível de até quatro anos de reclusão e pagamento de cinco a 15 dias-multa.

"Não sei de nada disso. Não reconheço essas ligações, tampouco sei quem são as pessoas citadas. Por isso estou com a minha consciência limpa. Sei que não fiz nada de errado. O Ministério Público tem o papel de denunciar e eu irei me defender. Mas acho que se tivesse alguma irregularidade, as minhas contas não tinham sido aprovadas pela Justiça Eleitoral", rebate o vereador. Sapinho, como é popularmente conhecido, entrou em contato após saber do fato por intermediários.As ligações realizadas pela reportagem até então haviam sido encaminhadas para a caixa-postal.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas