Canal Içara

Canal Içara

09 de dezembro de 2019 - 05:17
Política » Eleições 2012
Zanolli perde com 1,8 mil votos de diferença
07/10/2012 às 18:47 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Servidor municipal, formado em Administração, casado e com dois filhos. José Zanolli (PSD) bateu na trave nesta eleição. Acompanhado do vice Júlio Cézar Cechinel (PP), a coligação Juntos por uma nova Içara recebeu 14,2 mil votos neste domingo, dia 7. Isto significa 47,02% dos sufrágios válidos, ou seja, 1,8 mil (5,96 pontos percentuais) a menos do que os eleitos Murialdo Canto Gastaldon (PT) e Sandro Giassi Serafim (PMDB).

Zé Zanolli figurou com vantagem em todas as pesquisas eleitorais registradas por veículos de comunicação antes das convenções. Não poderia ser diferente então a opção para candidato a prefeito do PSD. A incógnita a princípio foi a escolha do vice. O PMDB foi descartado. O PSDB entrou na coligação em cima da hora. Já o PP anunciou a participação antecipada e garantiu o espaço com Júlio Cézar Cechinel.

Selado o namoro em 30 de junho, foi iniciada a campanha com a promessa de não atacar. A estratégia repercutiu inclusive na quantidade nula de pedidos de impugnação das candidaturas opositoras. A estratégia, no entanto, durou somente até a reta final do pleito. Faltando três semanas da eleição, a retranca foi substituída por um tom mais agressivo. Foi uma tentativa de respostas da coligação Pra frente Içara mesmo após o indiciamento de Zé Zanolli na Operação Moralidade.

Na aliança do PSD e do PP também apareceram o PRB, PSC, PPS, DEM, PSB, PSDB, PSD e PCdoB. O emaranhado de siglas amarrou sete deputados na campanha. Na esfera estadual participaram José Nei Ascari (PSD), José Milton Scheffer (PP), Valmir Comin (PP), Joares Ponticelli (PP), Adilor Guglielmi (PSDB) e Altair Guidi (PPS). O governador Raimundo Colombo também deu depoimentos, porém, não passou pela cidade. Já no parlamento federal o apoio foi de Jorge Boeira (PSD).

“Foram reuniões, comícios, caminhadas e visitas nas casas. Percorremos todas as regiões. Já fazia isto antes da eleição”, relata Zé Zanolli. Como ponto positivo, ele destaca então a quantidade de ideias para o Plano de Governo principalmente em relação a Saúde. “Colocamos propostas possíveis de realizar e, por isso, as pessoas puderam acreditar”, exalta. “As reclamações são pela falta de médicos, de especialistas e de exames”, completa.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas