Canal Içara

Canal Içara

09 de agosto de 2020 - 02:36
Segurança »
Campanha cria símbolo para denúncia de violência doméstica contra mulheres
10/06/2020 às 16:34 | Redação | com a colaboração da PMSC
Ao desenhar um “X” na palma da mão e exibi-lo a farmacêuticos ou atendentes de farmácias, mulheres poderão receber auxílio e a polícia será acionada. O objetivo da campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares (CNCG) é criar um "Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica". A ação conta com a participação de quase 10 mil estabelecimentos em todo o país é uma resposta conjunta a exposição de mulheres e crianças a uma maior vulnerabilidade dentro do lar durante a quarentena.

“Apesar de uma exposição maior, notamos que houve uma redução de denúncias no período. Mas isto pode ser resultado da presença dos companheiros em casa, além da sobriedade dos agressores com a dificuldade para aquisição de bebidas alcoólicas”, acrescenta o subcomandante da Guarnição Especial de Içara, major Sandi Muris de Medeiros Sartor. Ao todo, 47 mulheres integram atualmente a Rede Catarina na comarca, que inclui Içara e Balneário Rincão. Desde agosto de 2019, 116 vítimas foram visitadas pelo projeto de proteção à mulher e 26 boletins de ocorrência foram realizados por descumprimento de medidas protetivas.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias