Canal Içara

Canal Içara

18 de outubro de 2019 - 06:33
Segurança »
Carro pega fogo ao ser desligado
18/01/2008 às 23:43 | Tai Pacheco | jornalagoraonline.com.br
Os nervos de um cidadão içarense pegaram fogo, quase que literalmente, no início da noite de quinta-feira, dia 17, no bairro Primeiro de Maio. Isso porque o seu veículo incendiou e os homens do Corpo de Bombeiros só chegaram no local depois que as chamas já tinham tomado conta do carro.

Por volta das 19 horas, o proprietário do veículo estacionou em frente a um bar, localizado nas proximidades do Cemitério Municipal. No momento em que o carro estava sendo desligado e a chave ia ser retirada da ignição, a parte da frente do veículo explodiu. O motorista conseguiu sair a tempo e não sofreu nenhum ferimento.

No momento da explosão, populares entraram em contato com o Quartel do Corpo de Bombeiros. Por uma série de problemas, foi enviado, ainda com atraso, apenas a ambulância dos Bombeiros. Quando chegaram, encontraram o veículo totalmente queimado. Embora não houvesse mais como salvar o carro, quem esteve no local presenciou os bombeiros tentando conter as chamas com baldes d’água e uma mangueira, emprestada por populares. Antes disso, uma pessoa tentou apagar o fogo com um extintor de incêndio, mas não conseguiu.

Nervoso com o acontecido, o proprietário do veículo, que não quis se identificar, alegava falta de respeito por parte dos bombeiros. “Onde é que já se viu isso? O meu carro pega fogo e os bombeiros vêm com baldes e mangueirinha para apagar o fogo? ”, interrogou.

Quando a equipe do Agora chegou no local, a única explicação que encontrou por parte dos bombeiros foi que “o caminhão está em um outro incêndio, em Nova Veneza”. Há no quartel de Içara somente um caminhão específico para incêndios. O veículo havia sido chamado pelo comando de Criciúma para ajudar no combate às chamas em um depósito de Supermercado. O apoio foi pedido para todos os quartéis da região.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas