Canal Içara

Canal Içara

24 de novembro de 2020 - 01:59
Segurança »
Caso Rebeka: Protesto é realizado em frente ao fórum de Içara para prisão preventiva de agressores
21/10/2020 às 15:15 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Cartazes foram levantados em frente ao Fórum de Içara na tarde desta quarta-feira, dia 21. Junto com discursos contra transfobia, os protestos foram por justiça para o caso de Rebeka Curtts. A jovem de 28 anos esteve presente, em uma cadeira de rodas, ainda com parte do corpo enfaixado devido aos cortes que sofreu no último fim de semana. Segundo ela, os ferimentos foram provocados por dois homens, dos quais, um deles já era conhecido por ser cliente. “Queremos agilidade na prisão dos autores”, indica.

"Saímos de Criciúma, fomos em carreata até a Delegacia de Içara, passamos pelo Centro da cidade e nos dirigimos ao Fórum. Mas não obtive a resposta que desejava. Fui informada de que o único processo existente é para uma medida protetiva. Ontem eu prestei depoimento na Polícia Civil, apresentei o nome e todas as informações necessárias e não estarei protegida com ele solto. Quero justiça", completa Rebeka.

De acordo com o delegado Marcelo Viana, há um inquérito instaurado para apurar os fatos, atualmente, caracterizados como latrocínio tentado devido a intensidade dos ferimentos e também pela subtração do carro e do celular da vítima. “Seguimos apurando o caso para responsabilização dos criminosos”, pontua. O ataque a Rebeka ocorreu na manhã de sábado, no bairro Aurora, em Içara. A jovem teve mais de 30 cortes provocados por dois homens.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias