Canal Içara

Canal Içara

14 de novembro de 2019 - 17:42
Segurança » Vinte e quatro horas na rotina dos bombeiros
Idoso é atendido na primeira ocorrência do dia
05/07/2017 às 08:15 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
O deslocamento até a comunidade do Barracão ocorreu em menos de 10min. O primeiro chamado do dia - às 7h04 - é para uma queda doméstica. No portão da residência na Rodovia Lino Zanolli um homem já sinaliza o local aos bombeiros. A ambulância não cabe no pátio. Portanto, fica estacionada na rua.

O tombo ocorreu ao sair da cama. O soldado João Paulo de Oliveira André usa o tato para verificar a formação óssea. Parece que houve desvio na bacia do aposentado de 87 anos. O bombeiro militar também observa o ambiente e recomenda a retirada de tapetes. “Eles causam muitos acidentes”, alerta.

A maca chega até o cômodo. Mas é preciso mudar os móveis. Há uma mesa com cadeiras no caminho. A dor exige que a colocação na ambulância seja realizada em decúbito lateral. A pressão está normal. E os batimentos cardíacos também. A família se desloca para o Hospital São Donato, onde os bombeiros chegam às 7h45.

“Neste tipo de ocorrência é preciso se deslocar de forma lenta até o hospital devido a irregularidades na pista. A SC-445 é um dos piores caminhos”, relata o soldado Carlos Felipe Furlan Carvalho. “Foi uma jornada tranquila, principalmente na madrugada”, pontua João Paulo. Para fechar o expediente falta só retornar ao quartel com o pão para o café da manhã.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas