Canal Içara


21 de novembro de 2017 - 21:15
Segurança »
IGP deve encaminhar perícia sobre incêndio em depósito neste mês
12/09/2017 às 10:00 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Assim como a avaliação do Corpo de Bombeiros, o trabalho do Instituto Geral de Perícias também não concluiu as causas do incêndio no depósito das Lojas De Luca. O estudo científico sobre a tragédia em Içara nem vai apontar possibilidades. A informação mais importante deverá ser o setor em que as chamas iniciaram. “Só falta a digitalização. Até o final do mês será finalizado”, afirma o gerente mesorregional de pericia, Northon Santos Machado.

Conforme o delegado Rafael Marin Iasco, a conclusão da investigação deve ocorrer até dezembro. “O volume de trabalho que temos é muito grande. Logo que obtivermos os laudos do IGP o inquérito subirá para o início da fila”, relata. “A empresa apresentou que estava em regularização do prédio. Mas não poderia armazenar o tipo de produtos que tinha no local”, adianta. No depósito havia itens inflamáveis como sofás e colchões.

O incêndio no dia 10 de maio por volta das 12h ocasionou o óbito de Maureci Anacleto, de 38 anos. O motorista contratado há três meses era o único trabalhador nos galpões da Avenida Procópio Lima no momento do fato. No laudo do Corpo de Bombeiros, as condições da estrutura após o incêndio e a dimensão das chamas captada pelo Canal Içara apontaram que o fogo iniciou nos fundos do pavilhão central, contudo, se alastrou rapidamente pela estrutura.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas