Canal Içara

 
06 de outubro de 2022 - 15:25
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Segurança » Protestos nas estradas 2018
Para associação de caminhoneiros, pedido de intervenção militar é um equívoco
27/05/2018 às 22:29 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
O movimento pró-intervenção militar está presente nas manifestações em todo o país. Mas não atende aos pleitos da Associação Brasileira de Caminhoneiros. Conforme manifestado pela entidade, o pedido é equivocado e não será o remédio apropriado para a situação. “Devemos tomar cuidado com o que estamos postando, porque numa intervenção militar os mesmos personagens continuarão no poder e penso que o povo quer mudar justamente isso”, coloca o presidente José da Fonseca Lopes.

No Brasil, o uso do poder das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) só pode ocorrer sob ordem dos poderes constituídos, isto é, dos conselhos formados por membros do Poder Executivo e do Poder Legislativo e com a devida supervisão do Poder Judiciário. Além disso, segundo a Constituição Brasileira de 1988, só há três casos em que existe essa previsibilidade: intervenção federal; Estado de Defesa ou Estado de Sítio. Do contrário, seria um golpe militar.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade
Coberturas especiais
Regional da Larm 2022 - Série B