Canal Içara

Canal Içara

16 de junho de 2019 - 22:32
Segurança » Caso Paulo e Solange
Polícia indica que casal foi queimado vivo
29/09/2015 às 13:30 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Diego Figueira [Diário de Canoas]
Um homem de 33 anos foi detido pela Polícia Civil gaúcha pelo homicídio de Paulo César Raichaski, de 42 anos, e Solange Vargas, de 35. Segundo divulgado em entrevista coletiva nesta manhã, o casal de Içara acabou atraído até São Leopoldo (RS) para receber o pagamento de um imóvel de R$ 80 mil. Todavia, viraram alvo de uma emboscada e foram carbonizados dentro de um Chery Face no acesso a Praia de Paquetá no início da noite do dia 26 de agosto. O reconhecimento foi realizado através de exames de DNA.

Para os peritos, Paulo e Solange foram queimados ainda vivos, pois chegaram a inalar fuligem. A transferência de um carro avaliado em R$ 10 mil em cartório como pagamento do imóvel até então em negociação foi registrada dois dias após o crime brutal. Saques chegaram a ser realizados na Caixa Econômica Federal de Canoas no mesmo dia do duplo homicídio. E junto com o suspeito estava também uma mulher, até agora, não identificada. Com os cartões das vítimas foram adquiridos também dois celulares.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas