Canal Içara

Canal Içara

21 de setembro de 2019 - 13:22
Segurança »
Programa Sentinela treina agentes comunitárias
04/08/2007 às 11:36 | icara.sc.gov.br
"Acredite sempre na palavra da criança". Com esta frase, a pedagoga e educadora educacional Iara Amândio Martinez, destacou que o papel das agentes comunitárias de saúde será fundamental para auxiliar na redução do número de casos de abuso sexual no município. No encontro entre o Programa Sentinela e a Secretaria de Saúde, realizado na sexta-feira, dia 3, ficou a mensagem de conscientização, que aponta o quanto denunciar é fundamental.

Com a ajuda das agentes comunitárias, o Sentinela vai criar condições para que as crianças do município tenham a garantia de usufruir dos direitos oferecidos. A idéia é informar a todos as oportunidades que podem ser aproveitadas nas áreas sociais, na saúde, na educação, no esporte, na cultura e no lazer. Para a coordenadora das Agentes Comunitárias de Saúde Cleidiane Romancini, as agentes são fortes transmissoras de informações, e esta parceria com o programa Sentinela vai obter resultados muitos positivos. “Elas já estão conscientes de que são importantes para ajudar em vários pontos, acredito que elas serão o elo entre a comunidade e os programas oferecidos pela administração”, comenta.

Segundo Iara, como as agentes estão todos os dias em visita às residências elas podem perceber quando uma pessoa está legal ou não, quando existe uma criança com comportamento diferente, e vai poder apontar onde existe problema para que o programa possa atuar. “Precisamos fazer com que as pessoas saibam que é importante denunciar, principalmente porque o silêncio nada mais é do que uma forma de cumplicidade”, disse Iara.

O Sentinela trata-se de um conjunto de ações de Assistência Social de natureza especializada, que destina o atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência física, psicológica, negligência, exploração sexual e comercial. O programa Sentinela de Içara oferece atendimento psicológico, atendimento individual pedagógico e social, e atualmente atende cerca de 200 crianças por mês.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas