Canal Içara

Canal Içara

07 de dezembro de 2019 - 06:38
Segurança »
Saúde e Segurança no Trabalho, prevenção que diminui acidentes
13/04/2007 às 09:14 | Lucas Lemos | jornalagoraonline.com.br
A cada dia que passa, as empresas percebem que prevenir é melhor que remediar. Por hora, mais de dois trabalhadores se machucam somente em Santa Catarina. Considerando o país inteiro esta estatística chega a registrar mais de 30 trabalhadores machucados a cada hora que se passa.

de Proteção Individual (EPI), cuidados que se tomados diminuem os riscos causados pelo ambiente de trabalho aos empregados.
Segundo Migliane, “apesar de termos normas que regulamentam a Saúde e Segurança no Trabalho, muitas pessoas desrespeitam e acabam colocando a sua vida e a dos seus colegas em risco”. Por ano, acredita-se que meio milhão de pessoas morrem devido a acidentes de trabalho, número que não é mostrado nas estatísticas porque nem todos os trabalhadores brasileiros têm empregos com carteira de trabalho assinada.


TIPOS DE ACIDENTES

Os acidentes de trabalho podem ser divididos em cinco categorias: acidente típico, ocorrido quando o segurado se machuca no local de trabalho, acidente de trajeto, quando o funcionário está fora da empresa a mando dela, doença de trabalho, entendida como aquela que é adquirida ou desencadeada devido ao trabalho executado pelo funcionário, e doença profissional, desencadeada no serviço devido às condições de trabalho. Conforme dados do Instituto Dataprev, em Santa Catarina foram registrados 25,8 mil acidentes de trabalho em 2003. Destes, 22,3 mil foram causados por motivos típicos, 2,9 mil por motivos de acidente de trajeto e 659 acidentes causados por doenças de trabalho, a maior parte deles ocorridos com homens, operários que ainda são responsáveis por serviços pesados e de alto risco em alguns setores da indústria.

RESPONSABILIDADES

Do empregador
I - estabelecer, implementar e assegurar o cumprimento do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), como atividade permanente da empresa ou instituição;

Dos trabalhadores
I - colaborar e participar na implantação e execução do PPRA;
II - seguir as orientações nos treinamentos oferecidos dentro da PPRA;
III - informar ao seu superior hierárquico direto ocorrências que, a seu julgamento, possam implicar risco à saúde dos trabalhadores.


DICAS DE SEGURANÇA NO TRABALHO

- avaliar os riscos possíveis no local de trabalho;
- tentar alterar condições inadequadas:
- considerar a comunicação da doença ou da existência de crises aos colegas;
- não subir muito alto para evitar quedas graves;
- verificar as características de segurança dos aparelhos ou máquinas de trabalho;
- se houver sensibilidade à luz, proteger os olhos;
- evitar situações de stress muito grande e tentar manter o sono controlado.
- não conduzir sem a licença válida ou com episódios de crise há menos de um ano;
- usar capacete e proteções;
- fazer intervalos entre os exercícios físicos e fazê-los em horas de menos calor;
- evitar áreas remotas, sem possibilidade de auxílio rápido.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas