Canal Içara

Canal Içara

27 de novembro de 2020 - 18:12
Segurança » Leitor Repórter
Usuários alheios ao frio, calor, chuva e vento
16/11/2010 às 14:50 | LEITOR-REPÓRTER: esta notícia foi sugerida por Rodrigo Gonçalves.
Atingidas em acidentes ou danificadas pelo tempo, algumas paradas de ônibus na SC-444 já não possuem mais abrigos aos passageiros. Este é o caso do ponto em Lombas, onde a construção foi afetada por um automóvel no dia 11 de dezembro de 2009. E, também há um exemplo ainda mais recente no Centro, no acesso ao bairro Nossa Senhora de Fátima.

Conteúdo relacionado:
Leitor-Repórter » Enviar ou conferir mais notícias enviadas por leitores


“O desrespeito com os usuários do transporte público chega ao ponto de obrigá-los a ficar horas debaixo de Sol escaldante enquanto aguardam pelo coletivo. Com isso, muitos usuários de ônibus reclamam do desconforto das paradas que não têm proteção contra Sol e chuva, iluminação ou assentos disponíveis”, reclama Rodrigo Gonçalves. “O desrespeito com os usuários do transporte público continua. A pergunta é: Até quando?”, questiona o morador do bairro Nossa Senhora de Fátima.

Conforme o diretor da superintendência de Criciúma no Departamento de Infraestrutura de Santa Catarina, Lourival Pizzolo, apesar do órgão ser responsável pela rodovia, a questão das paradas não é de competência do Deinfra. A incumbência caberia ao Departamento de Transportes e Terminais (Deter). Mediante ao problema, uma pesquisa já foi solicitada para uma possível projeção de melhorias na segunda rodovia estadual de maior movimento em Santa Catarina. E, assim, uma resposta poderá ser data a interrogação do içarense Rodrigo Gonçalves.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias