Canal Içara

 
15 de agosto de 2022 - 20:06
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano »
Atendimento pediátrico no HSD depende da contratação de profissionais
Obras para a ativação do serviço estão finalizadas e o custeio também já foi definido
02/06/2022 às 11:46 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
O atendimento pediátrico no Hospital São Donato, de Içara, é um projeto antigo, que ao longo do tempo encontrou diversos obstáculos para a implantação. Agora, a falta de profissionais impede que o serviço seja efetivado. “Só vamos ativar quando a escala 24 horas estiver fechada”, indica o diretor-administrativo da unidade hospitalar, Júlio César De Luca.

Ele explica que, além de um pediatra para o pronto-atendimento, será necessário ter um cirurgião pediátrico em sobreaviso para os casos de urgência e emergência e um especialista que ficará responsável pelos pacientes que precisarem de internação, em escalas que cubram o atendimento 24 horas todos os dias.

“Um grupo de pediatras tinha um pré-compromisso conosco, mas assumiram outras funções e por enquanto ainda não nos apresentaram a escala de serviço. Estamos esperando para que o contrato seja assinado e o hospital possa iniciar os atendimentos”, reitera.

Segundo o diretor, as reformas em parte do pronto-socorro e a construção de novas salas para abrigar a pediatria já estão concluídas, incluindo a estruturação de seis leitos de internação, sala de observação e consultório. O investimento foi de aproximadamente R$ 600 mil.

O atendimento será custeado pela Prefeitura de Içara, em um convênio específico de aproximadamente R$ 2 milhões ao ano. “O convênio já foi aprovado pela Câmara Municipal e só falta termos o contrato para o repasse dos recursos assim que os atendimentos forem iniciados”, ressalta Júlio.

UTI pediátrica

As altas taxas de ocupação levaram o Governo do Estado a abrir mais leitos de Unidades de Terapia Intensiva voltados ao atendimento de recém-nascidos e crianças. No entanto, esse não é um serviço previsto para o São Donato no momento.

“O hospital tinha dez leitos de UTI para adultos e durante a pandemia abriu mais dez para atender os casos de covid. Conseguimos manter esses novos leitos com o mesmo pessoal. Mas se criarmos leitos pediátricos, serão necessários diversos especialistas que não tem no mercado. Os equipamentos podem ser comprados, mas o material humano não se faz da noite para o dia”, justifica o diretor.

Mais recursos

Nessa quarta-feira, dia 1º, Júlio De Luca esteve em Florianópolis, buscando mais recursos para o hospital. “Apresentamos a solicitação para a continuidade dos convênios e o rol de equipamentos para a parte que está em construção. Os pedidos agora serão avaliados pela Secretaria de Saúde”, detalha. Em março, a unidade hospitalar deu início às obras de um novo prédio, que vai abrigar salas de cirurgia, leitos cirúrgicos, além do centro de diagnóstico por imagem e da clínica de hemodiálise.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade
Coberturas especiais