Canal Içara

Canal Içara

17 de setembro de 2021 - 05:17
Cotidiano »
Dica de Leitura: A Arte de Viver, de Tchich Nhat Hanh
04/02/2021 às 07:42 | Maristela Benedet
Os tempos seguem difíceis e preocupantes. Para tentarmos entender estes acontecimentos ao nosso redor é necessário sentirmos os vários corpos dentro do nosso ser. Temos a maravilhosa capacidade de fazermos esta conexão interior e assim, sermos resilientes às situações de barulho do mundo externo. Em a Arte de Viver, o líder espiritual, mestre do zen-budismo e ativista da paz, Thch Nhat Nanh, nos convida a “entrarmos” em nossos oito corpos.

O corpo humano é o primeiro. E graças a ele, somos capazes de experimentar todas as sensações da vida. Embora, na maioria dos momentos pouco “percebemos” a sua existência em nós, pois nossa mente esta sempre destoada deste corpo. Despertar é o desafio do nosso segundo corpo. Ele nos chama a estarmos atentos as vivências do amor e da compaixão.

A prática espiritual seria o nosso terceiro corpo na visão do mestre espiritual. Com ele podemos aprender a administrar os sofrimentos e promovermos nosso equilíbrio ampliada pela visão comunitária do quarto corpo, onde mesmo distantes das pessoas, podemos nos conectar com elas. A sabedoria está presente no quinto corpo ao jogarmos a semente e ela florescer em outras terras. A nossa energia, as nossas falas e as nossas influências, mesmo passado o tempo e espaço, integram o sexto corpo, o da continuação.

No sétimo e oitavo corpos sentimos a vida pulsar mesmo com estes corpos já desintegrados; permanecendo conectados com toda a essência eterna no universo. O ativista da paz aprofunda seu olhar sobre os nossos desejos materiais, sugerindo que temos tudo em nós e, no nosso ser reside a plena felicidade.

+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias