Canal Içara

Canal Içara

17 de outubro de 2019 - 04:55
Cotidiano »
Hospital São Donato reativa projeto de UTI
31/07/2014 às 07:44 | Especial de Andréia Limas, do Jornal da Manhã
Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, na região Sul estão credenciados 48 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Araranguá conta com dez, Criciúma tem 18 e Tubarão soma 20 para pacientes adultos e há mais dez em Criciúma e dez em Tubarão para atendimento infantil, sendo sete neonatais e três pediátricos nos dois municípios. A perspectiva de abertura de novas vagas, porém, está projetara apenas para o próximo ano.

“Estão previstos mais 20 leitos para Criciúma, dez para Laguna e 20 para Araranguá, sendo dez adultos e dez pediátricos. Os dez leitos de Içara também estão nos planos e Urussanga pode ter dez, mas lá ainda falta o projeto. Acredito que eles possam entrar em funcionamento a partir de 2015, porque no São José estamos adquirindo equipamentos e concluindo as obras de ampliação e no Regional de Araranguá ainda depende de licitação”, justifica o secretário-adjunto de Estado da Saúde, Acélio Casagrande.

A situação no Hospital São Donato é emblemática. Após uma luta de anos pela implantação da UTI, a unidade recebeu recursos para construir a estrutura e adquirir móveis e equipamentos, porém não conseguiu a homologação dos serviços. O assunto voltou a ser pauta de discussão entre o Governo Estadual e os gestores da unidade recentemente. O diretor administrativo do São Donato, Júlio de Lucca, já esteve em Florianópolis na expectativa de voltar à questão com Acélio Casagrande. Entretanto, o secretário-adjunto participava de uma longa reunião e a conversa foi adiada para sexta-feira.

“Vou solicitar ao secretário que cobre da Vigilância Sanitária quais as adequações que precisarão ser feitas para ativarmos o serviço. São pequenos detalhes a acertar. Vamos abrir a UTI, até porque o hospital necessita disso para passar (a ser considerado) a alta e média complexidade”, afirma. Ele defende a instalação dos novos leitos também porque os existentes não conseguem atender à demanda da região. “Içara vai crescer muito no próximo ano, com a (possível) instalação da TransGas, da Cimolai, do porto seco. Não estamos preparados na área da saúde para esse desenvolvimento”, entende.

Conforme Casagrande, o local que pretende abrigar os leitos de unidade de terapia intensiva no São Donato apresenta algumas “não conformidades”. “A Vigilância Sanitária já foi olhar o que precisa ser refeito e estamos aguardando o parecer. Acredito que dentro de mais 15 ou 20 dias já teremos condições de negociar com a direção do São Donato, até porque as readequações dependem de recursos”, pondera.

+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas