Canal Içara

Canal Içara

24 de julho de 2019 - 01:39
Cotidiano »
Safiya: a nigeriana que sensibilizou o mundo
13/11/2015 às 16:00 | Maristela Benedet - maristela.benedet@canalicara.com
Editora ASA
A infância alegre com brincadeiras entre amigas de Safiya Hussain Tungar Tudu e lições do alcorão foi interrompida bruscamente aos 13 anos para um casamento arranjado. Nascida na vila Tungar Tundu, na Nigéria, a esperta menina aceitou resignada o destino como um desejo de Alá. Mas não imaginava que as dificuldades estariam apenas no começo. Toda a história de luta pela própria vida virou o livro Eu, Safiya – A história da nigeriana que mudou o mundo redigido pelo jornalista italiano Raffaele Masto.

Com 16 anos e quatro filhos, Safiya sofreu com a morte de duas crianças e o abandono do marido. Após mais dois casamentos infelizes e três novos filhos, decidiu não casar mais. Todavia, aos 34 anos, uma nova paixão e as falsas promessas de casamento resultaram em gravidez e na sentença mais cruel da lei islâmica às mães solteiras: a morte por apedrejamento. O sorriso da pequena Adama, a filha do pecado, a contratação de um advogado e a repercussão internacional foram fundamentais para manter a esperança.
*Maristela Benedet é colaboradora do Canal Içara, tem formação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo desde 1996, atua na área e nas horas de lazer dedica-se a leitura
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas