Canal Içara

 
17 de agosto de 2022 - 09:40
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano »
Simone Cândido: avós revelam amor incondicional por netos
No Dia dos Avós, você já homenageou os seus?
26/07/2022 às 07:00 | Simone Cândido
Ser avós é ser mães e pais pela segunda vez, emoção renovada após o crescimento dos filhos. Muitos avós ajudam seus filhos na educação dos netos. Outros participam das vidas dos netos com menos frequência, mas deixam suas marcas eternas.

Quem não lembra daquele quitute feito pela vovó ou até mesmo pelo vovô? Bolos, bolachas, pizzas, pipoca, bolinhos e outras comidas prediletas feitas com tanto amor e carinho. Passeios no sítio, comer frutas direto do pé... Muitos de nós fizemos isso na casa de nossos avós.

Eram brincadeiras, jogos de cartas, desafios de massinha de modelar entre tantas lindas lembranças que guardamos de nossos avós. O abraço caloroso, o afago, tudo isso nos ajuda a construirmos nossa personalidade com memórias afetivas guardadas com amor em nós.

O Dia dos Avós é um dia especial para que cada um de nós possa refletir a importância de nossos pais para nossos filhos. Infelizmente alguns não conheceram pessoalmente seus avós, mas através daqueles que os conheceram, podem ter contato com suas histórias de luta e de vida. Exemplos que podemos levar conosco seguindo assim nossa história.

Hoje trago alguns depoimentos de avós amor incondicional por seus netos.


Eugênia Carla Bitencourt

“Meu nome é Eugênia Carla Bitencourt Torres, vovó de primeira viagem do Pyetro e estou aqui pra falar um pouco de como está sendo minha experiência. Quando minha filha Bianca, me falou que estava grávida, eu fiquei paralisada, não acreditando naquela notícia, a ficha só foi caindo quando a barriguinha dela começou a se desenvolver, e ainda assim parecia um sonho, até que chegou o dia do nosso Pyetro vir ao mundo, foi uma sensação extraordinária misturada com o nervosismo, por ver minha filha sentir as dores do parto e eu não poder segurar ela no colo pra tentar amenizar aquelas dores. Ficamos assim naquela agonia até 16:57 do dia 06 de maio, quando meu genro me manda uma foto dele. Aí eu caí aos prantos, foi muita emoção. Hoje ele com 2 meses e 20 dias, não consigo tirar ele dos meus pensamentos um só minuto, agoniada pra vê-lo e ser recebida com aquele olhar e sorriso lindo. Pra mim está sendo uma experiência mágica.”




Lidiana Santos

“Ser vó é mãe com açúcar...eu não entendia isso até Inácio e Rodrigo nascerem...meus netos. Ser vó é ser mãe sem parto... é ser mãe sem gestação... sem noites em claro... É amor em dobro. Minha única decepção é não ter tanto tempo disponível pra curtir mais eles, mas as chamadas de vídeo são constantes e amenizam a falta de tempo.”




Nadir da Rosa Dos Santos

“Ser avó para mim é uma emoção muito grande, é ser mãe pela segunda vez, o coração pulsa mais forte. Os netos trazem uma alegria maior que nossos filhos, nós fizemos as vontades deles, damos muito carinho. Estamos sempre disponíveis para eles. Tenho sete netos e trato todos iguais não existe nenhuma diferença. Ser avó é tudo de bom. Não tem palavra mais linda de se ouvir ser chamada de vó ou vovó. É muito emocionante meus netos são tudo para mim.”




Maria de Lourdes Zili Rafael e José Rafael

“Ser avós, não pode haver benção maior que Deus nos deu de presente que são nossos netos, eles são motivo de viver, alegria de brincar e ser criança com eles, há cada dia que passa o amor só cresce. Temos a alegria de um estar morando conosco. Gratidão e a palavra por cada uma dessas benção colocada em nossas vidas, somos avós coruja sim.”




Rosa Maria Luiz Gomes e Dorvaci Arcino Gomes

“Temos uma única filha que se chama Liliane. Em 2019 ela engravidou da Alice nos trouxe muita alegria era a renovação da família. Em 2020 veio a pandemia ficamos apreensivos pois Alice nasceu bem no início disso tudo. A cada dia nos alegramos com o crescimento de nossa netinha, sempre que podemos ficamos com ela para que a mãe possa sair e fazer algumas voltas. Cada sorriso nos preenche de alegria eu e meu esposo Dorvaci somos muito realizados e felizes. Todos os dias o vovô vai visitá-la, cuida para que a Liliane possa atender as clientes. Podemos dizer que somos avós muito corujas da nossa pequena. É um amor inexplicável e maravilhoso.”




Feliz dia dos avós! Pai e mãe que por muitas vezes educam os netos, e tem papel fundamental no crescimento afetivo. Que se sintam amados e acolhidos por seus netos, que o amor esteja sempre presente nas famílias.
Simone Luiz Cândido é voluntária na causa adoção de crianças e adolescentes; já participou de três antologias com suas crônicas, além disso, ama escrever reflexões sobre a vida cotidiana, eternidade, amor e convivência.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade
Coberturas especiais