Canal Içara

Canal Içara

01 de março de 2021 - 08:42
Cotidiano »
Simone Cândido: Que o Natal nos traga muito amor e união
19/12/2020 às 09:11 | Simone Luiz Cândido
Estamos chegando ao Natal, data em que se comemora o nascimento do mestre Jesus. Este foi um ano difícil demais, perdemos muitas pessoas, algumas pela covid-19, outras por acidentes ou doenças. O fato é que esse Natal será bem diferente dos anteriores. Além do distanciamento necessário, muitas famílias estão passando pela dor de suas perdas. Um pai de família que foi trabalhar e não voltou depois de um acidente de trânsito, o amigo de trabalho que não estará mais junto. A mãe, o pai, o filho ou amigo que não estarão presentes.

Precisamos ressignificar as presenças de pessoas que são colocadas em nossas vidas. Nos anos anteriores podíamos estar juntos com todos que quiséssemos, agora não mais. As dores tornaram-se muito grandes e nos solidarizamos com os que perderam seus entes queridos.

O Natal sempre trouxe união entre as famílias, amor ao próximo. Esse ano ainda mais nos faz pensar no amor ao próximo. Muitos estão realizando campanhas com doações para pessoas que já tinham pouco. Nesse cenário de pandemia piorou a situação, perdas de trabalho, novos jeitos de ter renda familiar...

O que já estava difícil infelizmente piorou bastante. Felizmente ainda existem pessoas que buscam levar um pouco de solidariedade, seja com alimentos, brinquedos ou até mesmo levar palavras de conforto em meio a tanto sofrimento.

Essa semana minha filha Naiane, de oito anos, escreveu uma carta para o Papai Noel que dizia assim: “Querido papai Noel eu quero que minha vida seja melhor e que acabe o coronavírus. Com amor Naiane.” Esse é o grande desejo de todos nós, que possamos viver melhor que esse ano de 2020. Fim do ano passado muitos diziam chega de 2019. Eram muitas tragédias e perdas, mal sabiam o que 2020 nos reservava.

Nesse Natal vamos apenas viver o momento, celebrando a vida, intercedendo pelos que lutam pela vida com a covid-19. Agradecemos ao Mestre Jesus por termos passado por esse ano mesmo em meio às dificuldades. Intercedemos por todas as famílias que perderam a presença física de seus familiares e amigos, mesmo crendo que a vida contínua. Não estamos prontos para perder ninguém.

Que o Natal nos traga muito amor e união para que possamos vivenciar o que o mestre nos ensinou. Que cada um de nós possa transformar-se, mudando a si mesmo, amando o próximo como a si mesmo, eis o segundo maior mandamento, nos disse o Mestre Jesus.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias