Canal Içara

Canal Içara

10 de agosto de 2020 - 23:19
Cotidiano »
Simone Cândido: que o segundo semestre seja mais leve
04/07/2020 às 09:38 | Simone Luiz Cândido
Iniciamos o mês de julho com acontecimento bastante difícil. Um ciclone bomba atingiu o sul do país, muito próximo de nós, com muita devastação aconteceu.

Em Jacinto Machado, a figueira histórica da praça, com seus 75 anos, foi arrancada. Além disso, uma casa foi arrastada pela força do vento, plantações inteiras destruídas, casas detalhadas em várias cidades dos estados do sul do país. Pessoas morreram devido a esse ciclone. Foi uma noite de muito medo. Foi um vento assustador.

A última vez que se teve notícia de um acontecimento assim foi o furacão Catarina no dia 24 de março de 2004. Só que dessa vez, além do ciclone-bomba, tínhamos o tempo do coronavírus, que torna tudo mais difícil. Muitos estão sem emprego, outros reinventam meios para sobreviver. Pessoas ficaram desabrigadas. São casas por arrumar, mas a solidariedade continua entre as pessoas.

O novo mês que nos trazia a esperança do segundo semestre do ano ser melhor teve seu início muito difícil. Além das perdas materiais, vimos as perdas de pessoas queridas em meio à pandemia.

No ano de 2019 aconteceram muitas tragédias, o acidente de Brumadinho, onde a lama levou, além de seus bens matérias, pessoas amadas, histórias de vida... Algumas foram contadas pela imprensa, outras jamais saberemos quais são. Alguns dias depois amanhecemos com mais outra notícia triste: um incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo. Dez jovens atletas de 14 a 17 anos perderam suas vidas e seus sonhos de um futuro promissor como atletas de um time tão promissor. Apenas três dos jovens conseguiram sair do alojamento com vida, um deles com 40% do corpo com queimaduras. Entre tantas pessoas que se foram no ano passado.

Lia-se em muitos posts de redes sociais que o ano deveria terminar, pois já haviam acontecido muitas coisas ruins. Muitos diziam chega de 2019! Vem 2020! E ele veio desafiador e muito difícil com o coronavírus. Que nesse segundo semestre possamos seguir firmes com fé que teremos dias melhores, vivendo um dia de cada vez aprendendo tudo que precisamos aprender.

Com esperança de que ficaremos bem e que logo descubram vacinas para o coronavirus e possamos viver com mais tranquilidade. Esperamos voltar a ser como era antes e podermos sair de casa sem medo do inimigo invisível.
Simone Luiz Cândido é voluntária na causa adoção de crianças e adolescentes; já participou de três antologias com suas crônicas, além disso, ama escrever reflexões sobre a vida cotidiana, eternidade, amor e convivência.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias