Canal Içara

Canal Içara

16 de outubro de 2019 - 01:34
Economia » Paralisação dos caminhoneiros
Caminhoneiros anunciam nova greve
22/04/2015 às 23:18 | Especial de Marcelo Brandão, da Agência Brasil
Terminou sem acordo a reunião entre caminhoneiros e representantes do governo em Brasília nesta quarta-feira, dia 22. Os caminhoneiros buscavam a aprovação de uma tabela de frete mínimo. Sem um desfecho positivo, a categoria promete voltar a paralisar as atividades a partir da meia-noite. A cidade de Xanxerê, contudo, não terá o abastecimento afetado.

“Essa tabela garantiria a cobertura de todos os gastos do transporte. Caso algum problema venha a acontecer no agronegócio, por exemplo, que não seja o transporte a pagar por isso. Que não possa ser contratado um frete abaixo do custo. Essa é uma tabela de custo e não de lucratividade”, explica o representante dos caminhoneiros autônomos, Gilson Baitaca.

O governo, no entanto, defende a ideia de que atendeu às reivindicações dos caminhoneiros. Em nota, destacou a sanção da Lei 13.103/12, conhecida como Lei dos Caminhoneiros, além da isenção de pagamento de pedágio para o eixo suspenso de caminhões vazios.

“A tabela não tem apoio constitucional e é impraticável. Estudamos muito, nos dedicamos muito, no sentido de examinar uma série de alternativas. Não há autorização constitucional para uma tabela impositiva. Estamos seguros de que a tabela referencial de custos cria uma base técnica para negociação”, contrapõe o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, a tabela impositiva é inconstitucional.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas