Canal Içara

Canal Içara

17 de fevereiro de 2019 - 12:55
Economia »
Dúvidas financeiras lideram busca de idosos pelo Procon
29/08/2018 às 17:17 | Redação | com a colaboração de Giovane Marcelino, da Prefeitura de Içara
Dentre as duvidas e reclamações mais frequentes dos idosos no Procon de Içara está o empréstimo descontado direto em folha. “Se calcularmos o montante, chega-se a valores consideráveis, podendo comprometer quase um terço do salário mensal dos idosos por conta das parcelas”, explica a diretora executiva do órgão, Karoline Calegari. “Muitos idosos demoram a perceber a existência de empréstimos fraudados no seu benefício, porque os valores descontados geralmente são de baixo valor e parcelados em vários meses”, completa.

O crédito consignado é um empréstimo pessoal ou cartão de crédito que pode ser solicitado, dentre outras situações, por quem recebe benefícios do INSS e cujo pagamento de suas mensalidades é descontado diretamente da aposentadoria ou pensão. Mas somente 30% do valor que o beneficiário recebe pode ser comprometido com o pagamento das mensalidades do empréstimo e 5%, no máximo, para pagamento de dívida do cartão de crédito.

Segundo dados do Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), 30% dos consumidores atendidos pelo Procon de Içara tem mais de 60 anos. Idosos e população em geral com dúvidas sobre relações de consumo podem procurar o Procon na Rua Altamiro Guimarães. O atendimento ao público ocorre de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Dicas sobre empréstimo consignado

Para empréstimo realizado via telefone ou na residência do idoso, o consumidor possui o direito de arrependimento, no prazo de sete dias, e, consequente, ao cancelamento sem qualquer custo, conforme previsto no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor.

Antes de assinar o contrato, leia com atenção todas as cláusulas, que devem conter informações claras sobre qual o valor total a ser pago, os juros cobrados e outras condições do financiamento.

Não assine procuração para pessoas desconhecidas.

Tente ir, principalmente a bancos e lotéricas, sempre acompanhado de alguém de confiança.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas