Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 01:58
Economia » Memórias
Filipe Pavei: gestão administrativa foi base para sustentabilidade da Associação Empresarial de Içara
26/07/2021 às 09:47 | Redação | com a colaboração de Lucas Lemos, da Inoova Comunicação
Lucas Lemos [Canal Içara]
Filipe Silveira Pavei ingressou no movimento associativista influenciado pela professora Sil Citadin quando ainda estava na faculdade de Administração. Motivado pela capacitação, network e negócios, começou pelo Núcleo Jovem de Criciúma e logo percebeu que esse era um movimento que poderia ser expandido. Junto com outros empreendedores, fundou a associação de jovens de Içara (Ajei), posteriormente, vinculada a Associação Empresarial (Acii) como um núcleo. Em 2015, foi eleito presidente da Acii, ficou no cargo até 2017 e nestes dois anos à frente da entidade, investiu na organização interna para formar uma base sólida para o crescimento sustentável em serviços e também no atendimento dos associados.

“Nossa gestão focou na reestruturação financeira da entidade. Implantamos um novo modelo de gestão, refizemos nosso time interno e lançamos o Plano de Patrocínio, que trouxe dinheiro para a entidade, fortalecendo as capacitações. Modernizados também o estatuto, iniciamos as articulações junto ao Poder Público Municipal em prol do Plano de Desenvolvimento Local (DEL) e aproximamo-nos da nossa entidade-mãe, a Facisc, nossa federação, entregando ainda mais serviços aos associados”, resume o proprietário da Pavei Armas.

O trabalho realizado, de 1 de agosto de 2015 a 14 de agosto de 2017, contou também com o empenho voluntário do vice-presidente Custódio Abílio da Silva, do primeiro secretário Reginaldo Borges Fernandes, do segundo secretário Adílio Fernandes Filho, do primeiro tesoureiro Júlio César Crescencio, o assessor jurídico Fernando Folis Fritzen e ainda dos diretores Adriana Mara De Oliveira, Alessandro Magdalena, Claudio Zanatta, Edson Da Rosa Cardoso, Eduardo Bitencourt Espindola, Jerri Eduardo Joaquim, Valmor Da Silva, Waldemar Luiz Casagrande e Willian Biff Brigido.



“Agradeço mais uma vez a diretoria maravilhosa, meu vice, querido Neném, que, de forma democrática, em equipe, tomamos as melhores decisões para a nossa entidade”, sublinha Filipe. A 10ª gestão da Acii teve também Adalberto Pizetti, Agenor Castagna, Aldo Wagner Fernandes, Edemar de Oliveira, Pedro Marques, Ramiro Cardoso, Sandro Giassi Serafim e Sergio Baschirotto no Conselho Superior sob a presidência de Joi Luiz Daniel. No Conselho Fiscal participaram Edilson Zanatta, Newton Luiz Barata e Sidnei Castagneti com os suplentes Aldo Wagner Fernandes, Luiz Carlos Budny e Marcelo Giassi.

“A grande importância do associativismo é a união da classe empreendedora e empresarial desse país. Somos quem paga a conta e quem mais sofre nesse país. Somos geradores de empregos extremamente mal valorizados e somente com essa união vamos mudar o Brasil”, avalia. “Sobre nossa querida Içara, enxergo um potencial gigantesco e muito a fazer. Estamos localizados estrategicamente, com portos, aeroportos, ferrovias e rodovias importantes cruzando a nossa cidade. Não precisamos reinventar a roda. A necessidade é educação, saúde e segurança. O restante é consequência”, ainda pondera.



“Entender nossas identidades empresariais facilitará o planejamento local. Tecnologia é a bola da vez e cada dia mais necessária. Precisamos criar um núcleo forte no Sul e Içara deveria dar o primeiro passo, juntamente com a atração de uma escola técnica de alta qualidade. Tentamos isso na nossa gestão, e, infelizmente, por forças maiores, não foi possível dar continuidade. Tem muito a fazer. Que o Poder Público junto a essa classe empresarial, unidos, tenham foco, determinação, paciência e resiliência para fazer o que esse povo maravilhoso merece”, projeta Filipe.

ACII – 25 anos

O resgate das gestões da Associação Empresarial de Içara faz parte das atividades preparadas pela entidade para homenagear todos os empreendedores que fizeram parte. Além do conteúdo registrado a partir do relato dos ex-presidentes, a Acii também lançou um selo comemorativo. É um símbolo que faz parte da transformação vivenciada até agora em conjunto com cada associado e que será utilizado em novas ações para relembrar as transformações da entidade e da cidade, além de inspirar novos sonhos para os empreendedores que vão escrever as próximas páginas dessa história.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias