Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 13:57
Economia »
Ilumina Içara apresenta projeto de novo Centro Operacional
20/05/2021 às 19:32 - atualizada às 19h56 | Redação | com a colaboração da Ápice 360º
A empresa Ilumina Içara divulgou nesta quinta-feira, dia 20, o projeto que será a base para a construção do novo Centro Operacional. O consórcio para a iluminação pública da cidade, formado pelas empresas Lightcom, Serrana Engenharia e Faith Empreendimentos, investirá em uma estrutura com recepção, sala de engenharia, centro de controle, sala de reuniões e diretoria, além do almoxarifado e de espaços de apoio para os funcionários na Rua Castro Alves, no bairro Primeiro de Maio. A execução da obra deverá ocorrer em 60 dias.

“A ideia é trazer uma iluminação lúdica, que seja alusiva a datas importantes como o Outubro Rosa, Novembro Azul, entre tantas outras que reforçam os cuidados com a vida”, acrescenta o arquiteto responsável pelo projeto, Vitor Rovaris Gomes. A água da chuva, por vez, será reaproveitada nas instalações, como, por exemplo, no funcionamento das descargas dos banheiros. E, também será implantado o sistema fotovoltaico junto com o projeto da Prefeitura Municipal.

O Centro de Controle Operacional será vital para a eficiência logística, o desempenho dos processos durante a rotina de trabalho, a otimização dos recursos e também agrupamento dos serviços ofertados, como a centralização das fibras ópticas, do videomonitoramento de imagens, entre outros pontos. “Nosso objetivo é que seja um equipamento que os munícipes tenham acesso para poder entrar em contato com a iluminação pública, o que é de extrema importância”, frisa o diretor, Leandro Novelli.

Atendimento

Até a finalização da obra do CCO, os atendimentos permanecerão normalmente pela equipe da empresa. As pessoas podem abrir o chamado de duas maneiras: por telefone ou com o aplicativo. Para ligar e solicitar a manutenção, basta entrar em contato pelo número 0800 566 5566. Já para baixar o aplicativo Cidade Iluminada, é preciso realizar a busca na Apple Store ou na Play Store.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias