Canal Içara

 
06 de dezembro de 2022 - 02:42
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Economia »
Taise Domiciano: Como compreender os desafios para empreender?
Reavaliar problemas e desafios requer energia e mais atenção
27/09/2022 às 08:58 | Taise Domiciano
Se seu lhe pedisse para construir uma ponte, você iria atender prontamente a minha solicitação? Ou iria me perguntar o porquê eu preciso de uma ponte?

Eu não sei você, mas às vezes me pego fazendo as coisas, com o simples objetivo de tirar da minha lista de coisas a serem feitas. Aquele desejo de riscar ou colocar como concluído é tão grande que já saio fazendo.

Esse ímpeto pode se tornar oneroso, uma vez que, muitas dessas tarefas estão sendo feitas com o propósito errado ou talvez nem devessem ser concretizadas. Loucura? Não sei! O que sei é que cometemos o erro de ser apenas um “fazedor” um cumpridor de tarefas, sem antes ser um questionador.

Precisamos aprender a perguntar o porquê, entender o motivador, o problema, para assim poder pensar em uma solução adequada. Vamos voltar ao pedido inicial, se você me perguntar o motivo de eu precisar de uma ponte, eu posso lhe dizer que preciso chegar ao outro lado do rio.

Parece óbvio né? Mas o fato de entendermos que a necessidade é chegar ao outro lado do rio, nos faz pensar: “De que forma podemos fazer isso?”. Aqui abrimos um leque de possibilidades, um barco, uma ponte, um túnel, um balão, um caiaque, uma balsa, etc.

Na maioria das vezes, cometemos o erro de acreditar que a forma como fazemos as coisas é a única correta. Seguimos o padrão daquilo que aparenta ser o certo. Acreditamos que o café da manhã deve conter, café, leite e pão. Mas basta olhar para outros países e encontramos outra forma de pensar e agir.

Albert Einstein dizia “Seu eu tivesse uma hora para resolver um problema e minha vida dependesse dessa solução, eu passaria cinquenta e cinco minutos definindo a pergunta certa a se fazer, porque, quando eu soubesse a pergunta correta poderia resolver o problema em menos de cinco minutos”.

Precisamos pensar mais a respeito dos desafios que se apresentam a nossa frente. Precisamos analisar todas as situações de ângulos diferentes: de longe de perto, de cima, de baixo e também de cabeça para baixo.

Reavaliar os problemas e desafios requer mais energia e mais atenção. Segundo Tina Seelig “Você precisa ser capaz de reorganizar e rearranjar as coisas que conhece e os recursos que possui para ter novas ideias.”

Da próxima vez que se deparar com um problema, de um passo para trás, antes de sair correndo feito zumbi para concluir aquilo. Pense um pouco, examine a situação, entenda o porquê daquele problema e qual o motivador. Você terá gerado consciência e clareza sobre os fatos e agora, com certeza está mais preparado para pensar em possíveis soluções.
Taise Domiciano é palestrante, professora, pesquisadora de futuros, facilitadora e mentora em criatividade, inovação e futuros.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade