Canal Içara

Canal Içara

19 de junho de 2019 - 18:32
Economia »
Vectra poderá ser parcelada em 20 vezes
19/11/2008 às 13:34 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Na tarde desta quarta-feira, dia 19, a Vectra teve o patrimônio colocado em leilão novamente. Assim como na primeira vez, ninguém manifestou interesse em pagar à vista por nenhum dos lotes ofertados. Com isso, a Coopervectra manterá paralisada a produção de massa atomizada e listelos até fevereiro, quando mais um leilão será realizado.

Acesse:
» Coopervectra terá novo leilão
» Audiência reúne diretores

Sem interessados, o valor da empresa se mantém. Porém, no próximo leilão as condições de pagamento mudam. O valor de R$ 12,9 milhões poderá ser financiado em até 20 vezes. Neste caso, a Sul Brasil Mosaicos, que mantém contrato com a Coopervectra, já demonstrou interesse em fazer um lance. Uma das opções para que a produção não fique parada é oficializar a intenção de compra. Assim, o leilão poderá ser antecipado. Do contrário, os 80 funcionários da cooperativa permanecerão parados.

O dinheiro do arremate será utilizado para quitar as dívidas da empresa. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Ceramistas e da Construção Civil, Itaci de Sá, a antiga indústria içarense deve R$ 3 milhões para os ex-funcionários. “Os ex-trabalhadores estão na expectativa para receber os seus direitos”, explica.

No leilão da Vectra, o lote de maior valor é composto pelos terrenos e prédios da empresa. Ele está avaliado em R$ 9,4 milhões. O maquinário, que faz parte do segundo lote, está orçado em R$ 3,5 milhões.


A VECTRA E O SURGIMENTO DA COOPERVECTRA

A Vectra, situada na margem da rodovia SC-444, mantinha 200 trabalhadores na confecção de cerâmica. Porém, a empresa faliu. Então, os funcionários que foram demitidos criaram a Coopervectra. Essa cooperativa continuou no prédio da indústria com a produção de matéria-prima para cerâmica e de listelos. Mas, no mês passado tiveram que paralisar as atividades para que o leilão fosse realizado.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas