Canal Içara

Canal Içara

25 de agosto de 2019 - 15:36
Esportes » Copa do Mundo 2014
Da arrogância de Felipão ao fracasso
09/07/2014 às 09:14 | Carlos Rauen*
Primeiro peço desculpas pela falta de tempo para escrever. Nesta quarta-feira sobrou tempo, mas falta ânimo. O relógio marca 1h da manhã e ainda não consigo entender direito que fomos eliminados com uma goleada de 7x1. O último 7x1 que lembro no futebol foi quando o Grêmio atropelou o Figueirense em Florianópolis. Até no nível fácil do videogame é difícil ganhar de 7x1.

O Brasil entrou derrotado assim como o Uruguai entrou derrotado para jogar contra a Colômbia. O Brasil entrou com a camisa do Neymar, o Uruguai deixou a camisa do Suárez no vestiário. Um despreparo emocional visível. Nem deveriam pensar no Neymar. O jogo era dos 11 que estavam em campo. Mas tudo bem.

Apontar culpados é fácil. Podemos dizer que o David Luiz falhou no primeiro gol; o Fernandinho entregou dois gols para a Alemanha; o Fred é pior que o Ronaldo Capixaba; o Hulk estava mais ineficiente que o Fabinho... Mas o Brasil não treina. Felipão, no alto de sua arrogância, arrotou besteiras em TODAS as entrevistas coletivas nessa Copa do Mundo.

Já percebeu que o nosso técnico (idolatrado por torcedores do Criciúma, mas realmente odiado por alguns jogadores campeões em 1991) não responde com clareza nenhuma pergunta sobre questão tática? Será que ele gosta de esconder o jogo ou não tem o conhecimento? O Luis Felipe rebaixou o Palmeiras antes de ser técnico da amarelinha. Onde já se viu um técnico rebaixado comandar uma Seleção?

Onde já se viu jogadores reservas nos seus clubes como Oscar e Paulinho serem titulares no Brasil. Felipão demorou uma fase de grupos inteira para perceber que o Fernandinho estava em melhores condições. O Fred foi uma lástima. Mas se olhasse para o banco víamos o igualmente cone, Jô. Sou mais Zé Carlos...

Os titulares da Seleção chegaram a ficar TRÊS dias sem ter contato com bola. Apenas fazendo recuperação, academia e treino na piscina. A formação que atuou hoje com Luiz Gustavo, Fernandinho, Bernard, Oscar, Hulk e Fred foi testada pro dez minutos. Felipão usou na grande parte do treino apronto três volantes com Paulinho no time. Treinou-se assim, joga assim Felipão!!!

A Copa valeu a pena. Ainda está valendo. O Brasil conseguiu desmascarar a máfia de ingressos da Fifa. Uma grande contribuição para o futuro das Copas do Mundo. Em termos de organização, o que eu vivi nessa Copa foi demais. A segunda média de públicos da história das Copas, perdendo apenas para a dos Estados Unidos que na minha opinião jamais será superada.

Vamos disputar o terceiro lugar com honra! Que venha a Argentina (tomara). Em 2006 a Alemanha disputou o terceiro lugar, venceu e a torcida fez a maior festa. Vamos Brasil, a Copa ainda não acabou. E ah, bem que ela podia ficar. Já estou triste em saber que a Copa vai embora.
*Carlos Rauen é acadêmico de Jornalismo, repórter da TV Litoral Sul e um latente apaixonado por futebol. Nesta Copa do Mundo acompanha dois jogos e narra todas as percepções do Mundial no "Diário da Minha Copa".
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas