Canal Içara

Canal Içara

08 de julho de 2020 - 03:59
Esportes »
Elenco do Caiçara se emociona ao recordar os 30 anos da conquista na Larm
06/12/2019 às 17:07 | Redação | com a colaboração de André Dal Pont, da Câmara Municipal
Emoções e lembranças vividas pelo elenco do Caiçara na conquista da Liga Atlética da Região Mineira fizeram parte da sessão especial da Câmara Municipal de Içara na noite desta quinta-feira, dia 5. A comissão técnica e jogadores repetiram as orações e grito de guerra realizados antes de cada jogo que levou o time colorado de Içara ao título há 30 anos. “Na oportunidade formamos uma família e até hoje esta amizade persiste. Na equipe da época, todos os jogadores eram titulares e reservas. Jogávamos juntos”, destaca o atleta campeão da Larm Ivan Isoppo da Rosa. A conquista do troféu ocorreu em 10 de dezembro de 1989 com 2x1 sobre o Boa Vista, de Criciúma, no campo do adversário.

“Os atletas e comissão técnica acreditaram no título. Foi uma grande conquista para o Caiçara e a cidade. Fico muito feliz pelo reconhecimento”, indica o técnico da maior conquista do futebol içarense, Manoel Juvêncio Urbano, o Maneca, atualmente com 80 anos. “O campeonato da Larm é muito competitivo. Essa equipe que esta sendo homenageada representa também todas as demais pessoas que contribuíram com o crescimento do Caiçara. O título de 1989 levou o nome de Içara para todo o estado”, frisa o requerente da sessão, o vereador Márcio Toretti (MDB).


Elenco campeão homenageado do Caiçara

Ademir Bortolotto “Bortolotto” (in memoriam), Adilson Escaravaco Fernandes, Adilson Ronconi “Bipão ou Pé”, Airton Pizzetti “Ito”, Ângelo de Lucca Pizzetti (in memoriam), Arilton Alcides Fernandes (in memoriam), Bruno Dal Pont “Neka”, Claudemir Vieira “Mi”, Dirlei da Silva “Pintinho”, Edilson Cruz, Edison Felício, Eudes Dal Pont “Condo”, Everton Novack “Veto”, Henrique Guglielmi, Ivan Isoppo da Rosa, Jailson Vieira “Incha”, João Lino “Dão”, José Dionísio Cardoso, Lédio Ari Viana, Manoel Juvêncio Urbano “Maneca”, Mario Antônio Rodrigues, Orides Luiz Nagel, Paulo Dal Pont “Futuka” (in memoriam), Procópio Lima “Copi”, Rodinei Esteves “Negão”, Rogério Dimas, Ronaldo Oscar da Rosa “Bujão”, Samuel Dimas, Tarcísio Escaravaco Fernandes e Valmir Borges “Neguinho”.
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias