Canal Içara

Canal Içara

09 de julho de 2020 - 22:49
Esportes »
Árbitro Rafael Traci marca dois pênaltis inexistentes e prejudica o espetáculo
26/01/2020 às 18:23 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
Cesar Greco / Divulgação Palmeiras
O Criciúma perdeu por 3x2 para o Juventus, de Jaraguá do Sul. A partida da segunda rodada do Campeonato Catarinense foi disputada no estádio João Marcatto. E o árbitro Rafael Traci foi o protagonista do jogo. Isso porque ele inventou dois pênaltis. No primeiro pênalti inexistente que foi marcado, não houve o toque que pudesse levar o adversário ao chão. Na segunda penalidade anotada, a falta foi cometida fora da área. Mas não foi um pouco fora da área, foi muito fora da área. Uma distância aproximada de um ou dois metros longe da linha da área.

A segunda penalidade foi anotada aos 50 minutos do segundo tempo, quando o placar da partida estava 2x2. O Criciúma também foi prejudicado com um pênalti contrário na primeira rodada do Catarinense, diante do Concórdia. Os diretores do Criciúma precisam agir prontamente junto à Federação Catarinense de Futebol para exigir uma resposta rápida por parte da entidade, para evitar que situações embaraçosas como essas se repitam.

O jogo
O Criciúma abriu o placar com o zagueiro Rodrigo Milanez e sentou sobre o resultado. Se defendeu durante boa parte do jogo. O Juventus manteve o ímpeto e conseguiu o empate em um pênalti inexistente e, minutos depois, virou o jogo. O Criciúma conseguiu o empate com o atacante João Carlos. O gol da vitória do Juventus foi anotado por Fabinho, em outro pênalti inexistente anotado pelo árbitro Rafael Traci.
*Erik Borges Vieira é jornalista e torcedor do Criciúma Esporte Clube
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias