Canal Içara

Canal Içara

12 de agosto de 2020 - 00:47
Esportes » Série B do Brasileirão 2012
Tigre despede-se da Série B com empate
24/11/2012 às 17:33 | Carlos Rauen - carlos.rauen@canalicara.com
O Criciúma se despediu da Série B com o vice-campeonato num empate fora de casa com o rival Avaí por 1x1. Antes de começar o jogo, valia título, e por alguns minutos o sentimento aumentou devido a vantagem do Joinville sobre o Goiás no Serra Dourada. Porém, o time goiano virou o jogo e foi campeão. Atlético Paranaense e Vitória fecharam o G4 e estarão com Criciúma e Goiás na Série A de 2013.

O primeiro tempo começou equilibrado e com ambas as equipes cautelosas. A chance mais clara do jogo foi do tricolor. Éric cobrou escanteio aos quatro minutos e Ozéia cabeceou nas redes pelo lado de fora. O Avaí conseguiu a primeira finalização apenas aos dez minutos. Camilo arriscou de muito longe a bola passou longe. O Criciúma continuou então no ataque. Aos 12, Marlon cruzou. Lins pegou de primeira, dentro da área, e a bola passou muito perto do gol.

O jogo esfriou em lances importantes. Em contrapartida esquentou em violência. O meia Julinho acertou um tapa no rosto de França. Apesar da reclamação, o árbitro Célio Amorim não tomou nenhuma atitude. O zagueiro Jaílton, do Avaí, deixou o braço no rosto de Zé Carlos em uma disputa aérea O artilheiro da Série B não gostou e foi tirar satisfações com o jogador. E por isso foi armada a confusão. Ambos tomaram cartão amarelo.

O Avaí pressionou e marcou. Aos 38 minutos o meia Kléber afastou a bola para trás e deixou o meia Julinho na cara de Michel Alves. O jogador do Avaí não desperdiçou e marcou. A última partida de Kléber com a camisa do Criciúma durou apenas 45 minutos. O técnico Paulo Comelli promoveu a entrada do garoto André Gava no lugar de Kléber logo na volta do intervalo. E em 25 segundos em campo, Gava já arriscou de fora de área assustando o goleiro Moretto.

Na segunda etapa, as melhores chances foram de longe. O volante Mika, do Avaí, arriscou e assustou Michel Alves. O mesmo fez Válber, do Tigre. O goleiro Moretto bateu roupa, mas Arlan afastou para escanteio. A melhor chance do segundo tempo foi do veterano Evando. O lateral Arlan cruzou na medida e Evando chutou com a bola no ar. O goleiro Michel Alves impediu o golaço na última partida como profissional do atacante.

O jogo acabou esfriando e apenas aos 22 minutos o Criciúma voltou a atacar com André Gava arriscando de longe. Aos 27 Marlon fez boa jogada na esquerda e chutou forte, a bola desviou em Jaílton e quase entrou. Outra confusão aconteceu no segundo tempo. Pirão e França se desentenderam e ambos levaram amarelo. O Tigre, na raça, mesmo já sabendo que o Goiás venceu o Joinville, marcou o gol de empate. O goleiro Moretto afastou mal a bola alçada na área e Douglas, que entrou no lugar de França, conseguiu chutar, mesmo caído e marcou o gol de empate.
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias