Canal Içara

Canal Içara

20 de janeiro de 2021 - 19:34
Política »
Aposentados fazem vigília na Câmara
03/12/2008 às 10:25 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Enquanto o senado fez vigília na madrugada desta quarta-feira, dia 3, um grupo de aposentados acompanhou a manifestação na Câmara de Vereadores de Içara. Este já é o terceiro manifesto realizado em Brasília. Mas, é a primeira vez que acontece simultaneamente em diferentes cidades brasileiras.

Em Içara, mais de 20 pessoas tomaram a Câmara às 18h de terça-feira, dia 2. Na madrugada, o Canal Içara contabilizou ainda a presença de 15 aposentados na vigília. Comida para cumprir a meta de manter a manifestação até às 6h desta quarta-feira, dia 3, não faltou. O Sindicato dos Químicos e Ceramistas enviou 150 sanduíches e 12 refrigerantes para os aposentados.

A intenção de toda a mobilização é sensibilizar os deputados federais que devem votar três matérias que envolvem o pagamento dos aposentados. Elas evitam a defasagem ao longo do tempo, vinculando a aposentadoria de mais de 20 milhões de pessoas ao salário mínimo. Além disso, também propõe o fim do fator previdenciário e a criação de uma política para a recomposição dos valores.

Conforme o vereador e economista, Murialdo Canto Gastaldon (PDT), a receita para que o governo tenha dinheiro para fazer as mudanças na aposentadoria é simples. Basta diminuir um pouco a taxa de juros. Se isso acontecer, os investidores ainda deixariam o dinheiro no Brasil, onde essa taxa ainda permaneceria como uma das mais elevadas do mundo. Assim, o que mudaria é somente os juros recebidos pelos grandes grupos que emprestam dinheiro para a União. A diferença no lucro resultaria em mais dinheiro para aplicação no país.

No encontro realizado no legislativo içarense, foi apresentada a idéia de criar no próximo ano uma comissão sobre os aposentados. "Não queremos ficar rico. Queremos é o nosso direito. Isso terá que nascer do alicerce, na nossa casa", relata o presidente da Associação dos Aposentados de Içara, Antônio Novelli.

"Através da organização, da unidade e das constantes mobilizações, vamos prosseguir vitoriosos nesta caminhada. Os aposentados precisam estar unidos e prontos para lutar quando forem convocados", disse o secretário-geral da Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas (Cobap), Moacir Meirelles. Em um documento enviado ao senado durante a manifestação, a entidade também apresentou a proposta de serem liberados empréstimos, com juro zero, aos aposentados atingidos pelas enchentes em Santa Catarina.

Entre os 14 senadores que se manifestaram na vigília em Brasília, somente um catarinense, Raimundo Colombo (DEM), discursou.


IMAGENS DA VIGÍLIA EM IÇARA




OS PROJETOS EM ANÁLISE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

- Lei do Senado 296/03, que acaba com o chamado fator previdenciário;
- Projeto de Lei da Câmara 42/07, que cria uma política de reajuste;
- Projeto de Lei do Senado 58/03, que estabelece a recomposição do valor das aposentadorias, em cinco anos, pelo número de salários mínimos da época da concessão.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias