Canal Içara

Canal Içara

26 de maio de 2020 - 04:11
Segurança »
Após 13h de julgamento, réu é condenado por tentativa de homicídio
24/09/2019 às 22:59 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Preso há 10 meses, o autor de uma tentativa de homicídio no bairro Jardim Silvana terá pela frente mais 11 anos e dois meses de reclusão em regime inicialmente fechado pelo crime contra o pai da ex-companheira, além de um ano e cinco meses em semiaberto por desobediência a medida protetiva da Lei Maria da Penha e ainda posse de arma de fogo sem permissão. A sentença sobre o caso de novembro de 2018 foi anunciada após quase 13h de julgamento nesta terça-feira, dia 24. “A decisão dos jurados e a pena fixada pelo juiz foram satisfatórios, a justiça foi atingida e esperamos que não aconteçam mais crimes desse tipo na Comarca”, coloca o promotor, Fernando Rodrigues de Menezes Júnior.

Em depoimento diante do júri, o réu, de 34 anos, alegou que efetuou o disparo para revidar a batida que sofreu ao transitar com o veículo próximo da residência da ex-companheira, ao qual não poderia nem se aproximar devido a medida restritiva. Ele informou ainda que o pneu estourou no caminho para a sua residência e que, depois de pegar a arma, sob efeito de whisky, vodca e energético, pediu emprestado o veículo de um vizinho para retornar a Rua Pedro Álvares Cabral. Contudo, alegou não ter observado que havia alguém no pátio, tampouco que teve ciência na hora sobre o ferimento causado no pescoço do sogro. Por utilizar um veículo diferente no momento dos tiros, o réu também foi acusado de dificultar a defesa da vítima, mas a qualificadora foi afastada.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias