Canal Içara

Canal Içara

24 de agosto de 2019 - 00:29
Segurança » Operação Confidentia
Confidentia prosseguirá por até dois meses
25/05/2016 às 20:19 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Entre os seis agentes investigados na Operação Confidentia, apenas dois não foram localizados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas nesta quarta-feira, dia 25. Um deles é motorista, ex-chefe de setor da Prefeitura. Já o outro é apontado como um dos beneficiários durante a campanha eleitoral de 2012 da devolução de parte do salário de dois servidores comissionados, ambos indicados pelo vereador Márcio Dalmolin (PSD).

O vereador se apresentou no retorno de uma viagem à Florianópolis. A assessora dele na Câmara Municipal foi abordada em casa para prestar depoimento no Gaeco. E o mesmo ocorreu com outros dois beneficiários. Todos tiveram o sigilo bancário quebrados e chegaram a ter as ligações interceptadas por 15 dias em 2014, quando iniciaram as investigações. A oitiva contou também com a participação de uma testemunha.

Conforme o promotor Marcus Vinicius de Faria Ribeiro, a perspectiva é que as investigações prossigam por até dois meses. Por ora, os indícios são de peculato, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Resta agora levantar valores. Segundo o coordenador do Gaeco, Mauro Canto da Silva, as provas poderão ser compartilhadas também com a Polícia Federal, onde há uma investigação de compra de votos da eleição de 2012.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas