Canal Içara

Canal Içara

11 de dezembro de 2019 - 11:33
Segurança » Caso Vivian Lais Philippi
Defesa apresenta versão no Caso Vivian
11/08/2015 às 14:40 - atualizada às 15h46 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
De autor para a condição de também vítima das circunstâncias que levaram ao assassinato de Vivian Lais Philippi no dia 4 de março de 2015. Assim está baseada a defesa do réu Mateus Julio da Silva. Conforme descrito na manifestação do advogado Gilmar Luiz Mônego, a adolescente foi atacada por um garoto de 16 anos - irmão do atual réu - e um amigo dele. Ao ver o fato, Mateus ainda tentou intervir. Chegou a ser agarrado pela estudante. Mas foi agredido e retirado do local por outros dois homens com o auxílio de um carro branco, possivelmente, Corsa ou Gol.

Tal narrativa não havia sido apresentada até então devido ao medo de represália por parte dos envolvidos. Conforme grifado pelo defensor, o material biológico de Mateus foi positivo somente na comparação com o DNA encontrado na unha da vítima. O esperma no preservativo, por vez, não foi compatível. Baseado nesta versão, o pedido é pela absolvição ou a inclusão do laudo pericial do irmão, juntada da vida pregressa de ambos, além de colocá-los para o reconhecimento de quatro testemunhas. No caso da revogação da prisão preventiva, a decisão foi pelo indeferimento.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas