Canal Içara

Canal Içara

18 de agosto de 2019 - 06:22
Segurança » Caso Isabele
Delegado descarta violência sexual
25/01/2007 às 16:53 | Especial do Jornal Içarense
Lucas Lemos [Canal Içara]
Conforme havia prometido o delegado da Polícia Civil de Içara, Alan José Amorim, encerrou o Inquérito Policial que apura as causas da morte de Isabele Sebastião Cardoso, de 9 anos. Com um novo laudo pericial encaminhado pelo Instituto Médico Legal (IML) foi descartada a possibilidade de violência sexual e sim de morte por afogamento.

Amorim acrescentou ainda que foi indiciado pela prática do crime de homicídio culposo, H. R. C., 39 anos, proprietário da empresa responsável pela execução da obra de saneamento no Loteamento Popular Antônio Lima, em Içara, cuja vala a menina foi encontrada. O empresário prefere não se manifestar no momento.

A mãe, Rosângela, que recebeu a notícia pela imprensa, afirmou que desde o início acreditava nesta hipótese e não o de estupro. “Devemos entrar com um processo contra os responsáveis pela construção da vala que levou a minha filha a morte”. O médico patologista do IML, Sérgio Alice, confirmou que a morte de Isabele foi por afogamento.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas