Canal Içara

Canal Içara

22 de agosto de 2019 - 21:35
Segurança » Operação Moralidade
Denúncias acontecerão em outubro
26/09/2012 às 10:32 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Acompanhamento telefônico, quebra de sigilo bancário, apuração de empresas e contratos. A Operação Moralidade utilizou diferentes meios para a investigação na Prefeitura Municipal e no Samae. O resultado consta em sete anexos no Fórum de Içara. Os volumes, no entanto, não chegaram ainda ao Ministério Público. O conteúdo está no gabinete do magistrado.

Promotora com atuação em Moralidade Administrativa, Maria Claudia Tremel de Faria entende que será necessária pelo menos uma semana para oferecer as denúncias. O prazo estabelecido pelo código de processual é de 15 dias. Mas até este período poderá ser rompido já que a urgência seria justificada apenas se houvessem pessoas presas em decorrência do inquérito do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado.

"É possível que ocorram ações preliminares para proteger o erário público", alerta. Em síntese, isto significa que antes mesmo das denúncias - seja ela cível ou criminal - o Ministério Público poderá requerer liminares para a suspensão de contratos. "Fizemos isto na medida em que tivemos acesso aos documentos", lembra no caso da Fort Empreiteira de Mão de Obras.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas