Canal Içara

Canal Içara

25 de agosto de 2019 - 15:01
Segurança » Caso Carolini
Estilhaços provocam morte cerebral
11/02/2014 às 09:24 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Carolini Dias Rinaldi não resistiu aos estilhaços de uma bala de espingarda e teve a morte cerebral diagnosticada pela médica Gisele de Medeiros nesta última segunda-feira, dia 10. A avaliação ocorreu às 14h no Hospital Santa Catarina de Criciúma. Desde então a menina continua mantida com aparelhos. A família aguarda a parada dos órgãos para o sepultamento.

Aos quatro anos, a menina de Içara foi atingida na Zona Sul de Balneário Rincão na quarta-feira da semana anterior. O avô também acabou ferido nas costas, felizmente, sem a mesma gravidade. O autor do disparo foi detido na mesma noite em Criciúma. Trata-se do irmão dele, RAR, de 41 anos.

Devido a morte da criança, o caso passa a ser tratado a partir de agora como homicídio doloso qualificado. “A intenção era matar o irmão. Como atingiu a menina, também tem o mesmo efeito com qualificação que pode elevar a pena até pela metade”, coloca o delegado Márcio Campos Neves. Segundo ele, a intenção é fechar o inquérito até sexta-feira.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas