Canal Içara

Canal Içara

18 de agosto de 2019 - 05:56
Segurança »
Golpes por telefone e via SMS
04/03/2007 às 15:42 | Lucas Lemos | jornalagoraonline.com.br
Golpistas continuam fazendo vitimas através de golpes via telefone. Entre os métodos utilizados está à abordagem das vitimas por supostos atendentes da Brasil Telecom, pedindo informações como o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), Registro Geral de identidade (RG), endereço e outros dados pessoais. Em um dos outros golpes aplicados está na utilização de mensagens SMS, – mensagem de texto utilizadas em celulares – na qual os farsantes se passam por idealizadores de uma promoção da emissora do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

Segundo o empresário, Paulo César Serafim, “os golpistas se identificam como atendentes da Brasil Telecom, logo em seguida te oferecem várias vantagens com bônus de minutos em ligações e por último pedem informações de documentos pessoais para a ativação dos descontos”. O empresário questionou a telefonista que a operadora já possui estes dados, e quando respondeu que “não daria os dados pessoais, tive a resposta de que o sistema de informática estava fora. Mesmo assim não cedi. Nunca ofereço meus dados por telefone e e-mails”, completa Serafim, que atendeu a ligação com número estranho somente porque verificou que o código de área era da região 48. Em contato com a Central de Relacionamentos com o Cliente da operadora, uma das atendentes da Brasil Telecom informou ao Jornal Agora que o procedimento que é seguido pelo call center é diferente do descrito pelo empresário, e que por padrão os dados de usuários que podem ser requisitados são o número do CPF e do contrato com a operadora. “Só pedimos estes dados para que seja comprovada a autoria da pessoa que está efetuando a troca de planos ou aquisição de serviços, mas se o sistema está fora do ar, não são possíveis operações que necessitam de tais confirmações”, revela uma atendente da central de relacionamentos da Brasil Telecom, em Curitiba.

Outro golpe que estava sendo efetuado na região de Criciúma e de Tubarão, utiliza novos métodos e tecnologias, trata-se de uma tentativa de persuasão dos usuários de telefone móvel via mensagens de texto do tipo SMS. O estudante João Pedro recebeu em seu celular a mensagem: “SBT: INF.. SEU APARELHO MOVEL FOI COMTEMPLADO VOCE GANHOU UM GOL CITY. MOD. 2007 VALOR 23.890,00 INF.. LIGUE GRATIS DO SEU FIXO PARA 041 (85) ****-6492”. “Não cheguei a procurar a polícia, pois considerei este tipo de abordagem inadequada para este tipo de situação”, afirma João Pedro do Nascimento Alves. A universitária Julie Menegaz, que também recebeu esta mensagem, ligou de um celular para o número contido na mensagem, e não teve sua ligação completada, pois “o número chamado não está disponível para ligações de celulares”. Em duas tentativas, a redação do Jornal Agora também tentou ligar para o número, mas este atualmente encontra-se bloqueado para receber qualquer tipo de ligação. Segundo informações no site do SBT – www.sbt.com.br - esta promoção não existe. Mensagens como estas são um chamariz para aplicar golpes através do telefone.

Casos como os descritos são exceções. Geralmente movido pela curiosidade ou pelos benefícios oferecidos, o cidadão acaba retornando as ligações ou fornecendo os seus dados. Caso você receba uma ligação de qualquer natureza e ache que está não é da empresa na qual se identificaram, sempre verifique as informações diretamente com o canal telefônico que ela dispõe para os seus clientes. O número para atendimento dos usuários da Brasil Telecom é 10314. Informações sobre outros tipos de golpes, estes via internet, podem ser acessadas no site da operadora: www.brasiltelecom.com.br.

O jornal Agora tentou falar sobre o assunto com o Delegado de Içara, José Alan de Amorim, mas nos três dias de tentativas, não conseguimos o contato.


DICAS DE SEGURANÇA:

- Nunca atenda ao telefone dizendo seu nome e de onde você fala;

- Sempre pergunte à pessoa com quem ela quer falar ou para que número ela ligou;

- Até se certificar de quem está na linha, não se identifique;

- Orientem empregados e familiares para agirem da mesma maneira;

- Jamais forneça seus dados e os da sua família por telefone, pois é comum o bandido ligar antes para levantar essas informações, passando-se por um prestador de serviço, por exemplo;

- Se você usa secretária eletrônica, não deixe nomes de pessoas da família gravados na mensagem;

- Não ligue para números estranhos, quando for solicitado através de e-mails e mensagens de celular;

- Se tiver identificador de chamadas, sempre verifique o número que está ligando para você;

- Bancos também não requisitam dados pessoais através de telefone.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas