Canal Içara

Canal Içara

17 de setembro de 2019 - 12:32
Segurança » Caso Vivian Lais Philippi
Içara sem perspectivas para uma DPCAMI
04/03/2016 às 13:30 | Especial do Jornal Gazeta
Lucas Lemos [Canal Içara]
Completa nesta sexta-feira um ano da trágico assassinato e abuso da adolescente Vivian Laís Phillip, no bairro Jardim Silvana, em Içara. A lembrança triste também traz à tona um tema que vinha sendo discutido antes mesmo desse caso: a instalação de uma Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI). Até o momento, a reivindicação não foi atendida e nem há previsão para que seja.

“Içara já é um município que tem seus graves problemas quanto à segurança”, coloca o presidente do Conselho Municipal de Segurança, Celso Luiz da Silva. “Se tiver uma delegacia especializada para o assunto, mais delegado, mais policiais, se distribui as tarefas e alivia bastante os trabalhos para que se tenha um resultado mais positivo. Não que vai solucionar o problema, mas vai minimizar, vai ser possível trabalhar com mais agilidade”, defende.

“O problema no Estado é que tudo acontece de maneira muito lenta e a segurança não espera, é uma necessidade urgente. Outros municípios já têm um monte de coisa e Içara, quase nada. Nesse um ano e meio após a gente ter lotado a secretaria de Segurança Pública, conseguimos somente alguns policiais militares a mais e viaturas. E isso é pouca coisa se comparado com o que precisamos. Vamos continuar batendo na mesma tecla”, promete o presidente do Conseg.

“Não existe nenhum projeto para a instalação de uma delegacia especializada ao atendimento à mulher, criança, adolescente e idoso em Içara. A busca neste momento é para que se possa ter mais policiais para fazer todos os tipos de atendimentos”, afirma o delegado regional, Jorge Koch. “Devemos é treinar os policiais que temos para que eles possam desempenhar este serviço com mais qualidade”, considera.

+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas